MONTRA (23.04.2019)
DESCRIÇÃO PREÇO
6119

AMADO, ADELAIDE - A CARTA DE FORAL DA VILA DE ALBUFEIRA E SEU TERMO.
D. MANUEL I - 1504
Prefácio, introdução e notas de...
Município de Albufeira - 1993

B.; 117+ (2) págs. bco.+ 16 extratextos+ (2) págs. bco; il.; 24 cm.

"(...) Do documento original foram fotografadas, além da capa, o frontispício e algumas páginas das que se consideraram de maior interesse e também, embora quase ilegível, uma das páginas das correições. Este conjunto de fotografias foi colocado ao longo do texto nos locais próprios a fim de transmitir ao leitor a imagem do « documento vivo ». Foi elaborado também um « Índice de fotografias ».(...) " In- pág. 11

20,00 €
6145

ANUÁRIO DE LOURENÇO MARQUES - 1 9 4 4
30.ª Edição
Manual de Informações da Cidade e Pôrto de Lourenço Marques e Restantes Distritos da Colónia de Moçambique.
Tipografia A. W. Bayly & Co. Ltd - Lourenço Marques 1944.

B.; XXVIII+ (2)+ 814 págs.; Ilust.; 22 cm.
Com pequena falha de papel na lomb.

O Anuário encontra- se dividido em Colónia de Moçambique- Descrição Geral; Cidade de Lourenço Marques; Informações Gerais- Sôbre Serviços Telégrafo- Postais, Impostos e Contribuições, Taxas, Licenças, etc; Província do Sul do Save- Distritos de Lourenço Marques e Inhambane; Província de Manica e Sofala- Distritos da Beira e Tete; Província da Zambézia- Distritos de Quelimane e por fim Província do Niassa - Nampula e Pôrto Amélia.

Ilustrado com vários extratextos com publicidade e algumas ilustrações.

70,00 €
6141

ATAÍDE, JOÃO DUARTE DE MELO/ LUÍS DUARTE LOPES DE MELO - NOVA MONOGRAFIA DE ALCANEDE
Prefácio de Joaquim Veríssimo Serrão.
Alcanede, 2005.

B.; XIII+ 205 págs; 24 cm.

" (...) Há muitos anos que os autores da presente monografia tiveram acesso à - Noticia Histórica e Topográfica da Vila de Alcanede - , composta em 1726 pelo fidalgo Simão Froes de Lemos. Já a mesma servira de base ao Senhor Armando da Silva Duarte para a - Monografia de Alcanede ,- que o avô materno dos dois autores lançara ao prelo no ano de 1936. Pode- se considerar esse texto a primeira fonte escrita sobre as antiguidades da Vila, como o fez o Senhor Joaquim Vale Cruz na sua excelente pesquisa sobre a vila de Alcanede, publicada em Santarém no ano de 1993. Todas as noticias sobre o passado da Vila beberam nesta fonte primeva acerca da qual e do seu autor quase tudo se ignorava. (...) " In- Prefácio.

15,00 €
6110

AZEVEDO, CARLOS DE - SOLARES PORTUGUESES
Introdução ao Estudo da Casa Nobre.
Livros Horizonte. Lisboa.
2ª Edição 1988.

Enc. editorial, capa dura, int. de sint. com sobrecapa ilustrada; 207 págs.+ 160 fotografias em extra- texto; il.; 29 cm.
O autor dedica a obra a Adriano de Gusmão.

" Livro há muito esgotado, a presente reedição vem responder a uma necessidade no panorama da história da arte portuguesa, na qual se faz sentir a falta de obras dedicadas á arquitectura civil. (...)
O autor não pretende apresentar a história das residências- tarefa quase sempre difícil pela escassez de elementos informativos- mas sim caracterizar a casa nobre portuguesa e apresentar um esboço da sua evolução através dos tempos, tarefa que não fora tentada ainda com tal desenvolvimento. (...) " In- badanas.

50,00 €
6126

BRANCO, JOÃO RODRIGUES DE CASTELO ( AMATO LUSITANO ) - CURATIONUM MEDICINALIUM/ AMATI LVSITANI/ MEDICI PHYSICI/ PRAESTANTISSIMI/ CENTURIAE QVATVOR./
QUIBUS PRAEMITTITUR/ commentatio de introitu medici aegrotantem,/ De Crisi, & diebus Decretorijs;/
Subiungiturque/ INDEX rerum memorabilium copiosissimus.
Atquehaec omnia nunc accuratius recognita, diligentius/ elegantiusque sunt impressa/
VENETIIS,/ Apud Balthesarem Constantinum, sub diui Georgij signo./ MDLVII

Enc.int. de pergaminho mas não da época.; (16)+ 645+ (64) págs.; 18 cm.
Com algumas anotações antigas, marginais e algum trabalho de bicho nos últimos folios, não atingindo o texto. Acondicionado numa caixa- estojo tambem em pergaminho.
Exemplar em bom estado de conservação.

São as primeiras 4 Centúrias. "(...) Chama- lhe Centúria, por conter 100 curas ou cem casos clínicos que descreve minuciosamente (...)" In- Alguns livros da minha Biblioteca e outras Histórias, de Dr. Francisco Marques, vol. II, p. 197. Logo nesta obra, Amato Lusitano descreve 400 casos clínicos.

"A partir de 23 de Maio de 1536 passou a Inquisição a ser exercida por tribunal especial, tendo sido nomeado Inquisidor- Mor Frei Diogo da Silva. Três anos depois, passando este cargo para as mãos do Infante D. Henrique, os processos utilizados atingiram a dramaticidade conhecida. Muitos dos médicos de então eram cristãos- novos, o que provocou a sua fuga para o estrangeiro. Tal foi o caso de João Rodrigues de Castelo Branco, conhecido por Amato Lusitano. Nasceu em Castelo Branco em 1511 e faleceu no ano de 1568. De origem hebraica, frequentou a Universidade de Salamanca que alcançara, na época, especial prestígio, constituindo- se no local de encontro dos portugueses estudiosos de então. O meio académico não era o mais propício ao estudo a ponto de merecer a intervenção do próprio Papa, mas João Rodrigues não se deixou enredar pelos hábitos tumultuosos dos seus companheiros. (...)" In- "Médicos e escritores da Beira Interior" por Armando Moreno no nº 1, Nov/ 98, p. 4 da Revista "Medicina na Beira Interior/ Cadernos de Cultura."

s/ consulta
299

CABRAL, ANTÓNIO - CARTAS D'EL REI D. MANUEL II
O HOMEM, O REI, O PORTUGUEZ - NOTÍCIAS E REVELAÇÕES - MEMÓRIAS POLÍTICAS.

Livraria Popular de Francisco Franco, Lisboa - 1933.

Boa enc. de lomb. e cantos em pele. Com as capas de br.; 378 págs+ (3) págs.+ 2 retratos extra texto; il.; 19 cm.
Com uma assinatura de posse.

"(...) As cartas do Senhor D. Manuel II, que tenho a honra de reunir n`este volume, teem, todas ellas, a subida importancia que lhes dá o nobre pensamento que as inspirou e a régia mão que as escreveu. Algumas, esclarecem acontecimentos dos escassos tres annos do Seu reinado, outras, elucidam factos do largo periodo do Seu tão injusto como execrando exilio.(...)" In- pág. 8.

35,00 €
6116

CAMPOS, EDUARDO MANUEL TAVARES - TOPONÍMIA ABRANTINA
Edição da Câmara Municipal de Abrantes - 1982

B.; 56 págs.+ (4)+ 10 Reproduções fotográficas de Ruas de Abrantes, extratexto; 23 cm.

"(...) Este despretencioso trabalho fica- se apenas pelas ruas da antiga Abrantes, por me ter sido impossível alargá- lo ao extenso perímetro urbano que constitui Abrantes- cidade dos nossos dias.(...)" In- pág. 7

15,00 €
6219

CAMPOS, FILIPE PINHEIRO DE / ANTÓNIO MARIA ASSIS - JUDEUS
OS NAVARROS DE LAGOAÇA.
Lisboa, 2019.

NOVIDADE

Obra em quatro volumes, dentro de 1 caixa; 24 cm.

Com prefácio de Adriano Moreira. Uma edição conjunta do Laboratório de Estudos Judaicos (ISCSP-UL) e da editora Colibri. Com Palavras de Apresentação de António de Sousa Lara.

" Ao longo de três anos de investigação intensa, Filipe Pinheiro de Campos, com a colaboração de António Maria de Assis, percorre dezassete gerações de uma família estabelecida em Trás-os-Montes desde os alvores de Quinhentos.
(...) A família em apreço origina-se num casal de cristãos-novos que, oriundos de terras castelhanas por força do édito dos Reis Católicos, se estabeleceu na vila de Mogadouro, a escassas dezenas de quilómetros da fronteira com o país vizinho, onde se dedicaram ao negócio de solas e tiveram ofícios de rendeiros e lavradores. A partir deste centro geográfico, os primeiros ramos estabelecem-se em freguesias próximas - Vilarinho dos Galegos e Lagoaça - , a partir das quais surgem os diferentes ramos em estudo. (...) " In- contracapa.

110,00 €
6115

CARITA, HELDER / HOMEM CARDOSO - TRATADO DA GRANDEZA DOS JARDINS EM PORTUGAL
ou da originalidade e desaires desta arte.
Edição de Autores. Novembro 1987.
Prefácio de Miguel Esteves Cardoso.

Capa dura com sobrecapa ilustrada; 319 págs.; il; 30cm.
Muito ilustrado.

"(...) Este livro é um jardim e pode deambular- se por ele, parando para respirar, passeando de olhos abertos ou fechados. Mas é mais do que isso. Como um jardim é mais do que aquilo que se vê. Um jardim entra dentro de nós de outras maneiras. Tem uma temperatura, uma músca, um hálito. Vive- se com ele de um modo particular, pensativo.
Este livro põe- nos a pensar. (...) " Miguel Esteves Cardoso.

80,00 €
6217

CARVALHO, ANTÓNIO ALEIXO PAIS VACAS DE - FAMÍLIAS
de Mora, Pavia e Évora:
Genealogia e História.
Edições Colibri.
Lisboa, 2019.

NOVIDADE

B.; 264+ (1) pág.; 24 cm.

16,00 €
6129

CASTRO, ALEXANDRA MARIA FERREIRA BRAGA DE SOUSA LOURO PEREIRA DE - JERÓNIMO DE SOUSA LOURO - IN MEMORIAM
e o Monumento de São Frutuoso de Montélios.
Edição de autor.
Junho de 2018

Capa dura; 288 págs.; il; 31 cm.
Obra profusamente ilustrada, a cores, com mais de 460 imagens ( documentos, postais, publicações, jornais, fotografias, etc ) numa Edição de Autor limitada a 100 exemplares.

Trata- se "(...) de um livro de lembranças, de memórias vividas, numa época já longínqua, que dá luz aos feitos e glórias de alguém, que o tempo vai ajudando a esquecer, homenageando- o com o repeito pelos seus valores e pela sua cidadania.
Recordações do médico, historiador, investigador e filósofo bracarense que de si deixou à posteridade (...)". In- Apresentação.

70,00 €
601

CASTRO, ARMANDO AUGUSTO GONÇALVES DE MORAES / ANTÓNIO PEREIRA CARDOSO - UMA VIAGEM ATRAVÉS DAS COLÓNIAS PORTUGUESAS
Com um prefácio do Ex.mo Almirante Ernesto de Vasconcelos.
Edição dos Autores. ( 7º Milheiro )
Companhia Portuguesa Editora, Lda. Pôrto - 1926.

B.; 240+ (1) págs.; 19 cm.
Exemplar com pequena falha na lomb. e com uma dedicatória do autor.

" (...) A fórma epistolar, adoptada no livro, dá- nos uma ideia gradual de cada uma das nossas colónias, em exposição fácil e original, sem pretensões estilisticas, mas que sugestivamente vai pondo o leitor ao corrente dos aspectos que as colónias nos oferecem, quer sôb o ponto de vista físico, económico e político, quer sôb o da história, que não deixa de aparecer debaixo de uma fórma que não fatiga o espírito.
É assim que deve ser. As nossas colónias precisam de ser conhecidas de todos os portugueses, para que se integrem no principio de que, sem essas projecções do Portugal metropolitano, a quási nada ficariamos reduzidos. (...) " In- Prefácio.

20,00 €
3237

CATÁLOGO DESCRITIVO - FAIANÇAS DA ANTIGA FÁBRICA DE VIANA
COLEÇÃO DR ALFREDO QUEIRÓS
Edição da Direcção Geral da Fazenda Pública.
Lisboa 1954

Enc. inteira de pele, decorada com ferros a ouro e com a capa de brochura da frente; 115 págs.+ (2) fls+ XII estampas extratexto.
No interior do livro, no festo de algumas páginas e nas pastas com vestigios de manchas de água, já bastante desvanecidas.

Muito ilustrado com estampas de diferentes peças e desenhos das marcas, faixas e cercaduras ornamentais; 23 cm.
Neste Catálogo são descritas 340 peças.

50,00 €
6061

CERQUEIRA, EDUARDO - BREVE DIGRESSÃO PELOS COSTUMES TRADICIONAIS AVEIRENSES.
Separata da Revista "Aveiro e o seu Distrito."
1972

B.; 60 págs.; il.; 21 cm.
Com dedicatória do autor.

" Vaga e lata matéria, neste ensejo me propus para discretear, «currente calamo», sem cabedal de erudição pois ocasional excursionista em matérias do domínio da etnografia, e eu próprio a distanciar-me das consuetudinárias propensões dos meus conterrâneos - cagaréus, ceboleiros e bicudos - das gerações passadas ou da minha meninice já remota.
Prescrever-me-ei a um tema de estreme sentido aveirense: aos costumes de uma terra que, ainda, ingloriamente, tenta perseverar nalguns predicados e tendências próprias, mas, na cola das mais volúveis ou permeáveis, arrastada na avassaladora corrente planificante e uniformizadora, as vem adulterando, degradando e proscrevendo à dissolução, ao abandono ou às delidas lembranças. (...) " In- pág.5.

20,00 €
6120

COCHERIL, MAUR (DOM) - NOTE SUR LA DÉCORATION DE L`ÉGLISE DE L`ABBAYE CISTERCIENNE DE SANTA MARIA DE CÓS ALCOBAÇA
Com resumo em português.
Edição da Associação para a Defesa e Valorização do Património Cultural da Região de Alcobaça. - 1983
ALCOBACIANA - Colectânea Histórica, Arqueológica, Etnográfica e Artística da Região de Alcobaça. - 4

B.; 1 retrato do autor+ 91 págs. (1ª fl bco )+ (1) fl.+ XXXII estampas extratexto; il.; 25 cm.

" O presente trabalho de Dom Maur Cocheril, concluído em 1977 mas até agora inédito, complementa um outro que, anos antes, publicou sobre a mesma Igreja e a que deu o título de Les Azulejos de l`Abbaye Cistercienne de Cós. Trata- se de mais um valioso contributo a juntar a tantos outros que nos legou, graças aos quais muito se conhece hoje sobre as Abadias de Cister em Portugal.(...) " In- pág. 5

25,00 €
6136

COELHO, ANTÓNIO BORGES - A REVOLUÇÃO DE 1383
Tentativa de caracterização.
Importância Histórica.
Portugália Editora. Lisboa. 1965.

B.; 189+ (2) págs.+ 3 estampas exratexto; 21 cm.
Capa de João da Câmara Leme.
É o nº 14 da Colecção Portugália.

"(...) A aguda observação da realidade social leva Fernão Lopes a afirmar repetidamente que a revolução de 1383 inaugurou uma nova era. Muitos historiadores têm visto nesta afirmação uma sugestiva imagem literária. Creio que é tempo de acreditarmos nas suas palavras. A revolução de 1383 é, ao que saibamos, a primeira revolução burguesa vitoriosa à escala dum país inteiro. (...)" In- pág. 16

20,00 €
6137

COELHO, LATINO - FERNÃO DE MAGALHÃES
Precedido dum prefácio de Júlio Dantas.
Com um retrato do autor por António Carneiro.
3ª Edição
Emprêsa Literária Fluminense.
Lisboa.

Enc. editorial, int. de sint. branca, decorada com ferros a ouro e a preto; 1 retrato+ 228+ (1) pág.; 18 cm.

Índice: Latino Coelho, por Júlio Dantas; Biographia, por A. A. Teixeira de Vasconcellos; Carta autobiographica; Perfil de Latino Coelho, por Bulhão Pato; Fernão de Magalhães.

15,00 €
6172

CONGRESSO DO MUNDO PORTUGUÊS. - PUBLICAÇÕES.
Comissão executiva dos Centenários.
Lisboa. 1940.
COLEÇÂO COMPLETA em 19 vols.

Brochados, il.; 26 cm.
Todos os volumes da Tiragem Especial, Exemplar nº 2.

Acompanha esta coleção 1 brochura com o título - No Congresso do Mundo Português - de J. Caeiro da Matta, 34+ (1) pág.; 27 cm. Esta brochura dedicada pelo autor ao Dr. Oliveira Salazar.
O 1º vol apresenta sinais de humidade e os vols. V e VI com pequenas faltas de papel nas lombadas. Exteriormente todos os volumes com ligeiros defeitos nas lombadas.

Presidente Geral do Congresso do Mundo Português - Dr. Júlio Dantas. Secretário Geral - Dr. Manuel Múrias.
Director Adjunto da Secção de Congressos - Joaquim Leitão.

Valioso conjunto de numerosas comunicações apresentadas ao Congresso do Mundo Português, que decorreu entre 1 de Julho e 30 de Novembro de 1940, em estreita ligação com a célebre Exposição do Mundo Português.

No congresso participaram 356 cientistas e investigadores dos mais variados ramos do saber, que apresentaram comunicações em português e também em inglês, alemão, francês, italiano e castelhano.
Participaram destacados estudiosos de vários países como Jacques Maritain, C. R. Boxer, John W. Blake, Mihail Manoïlesco, Georges le Gentil, P. Carlos Estermann e numerosas figuras do meio intelectual português como Hernâni Cidade, Gago Coutinho, Caetano Beirão, Joaquim Alberto Iria, António Augusto Mendes Corrêa, Maria Josefina Andersen, D. João Evangelista de Lima Vidal, Artur de Magalhães Basto, Carlos Silva Lopes, Vergilio Correia, J. Leite de Vasconcelos, Torquato de Sousa Soares, Durval Pires de Lima, Serafim Leite, João Ameal, e muitos outros.

600,00 €
6146

COSTA, A. FONTOURA DA - ROTEIROS PORTUGUESES INÉDITOS DA CARREIRA DA ÍNDIA DO SÉCULO XVI
Prefaciados e anotados por...
Agência Geral das Colónias, Lisboa 1940.
I - ROTEIRO PARA A ÍNDIA E ORIENTE de autor anónimo.
II - COLEÇÃO DE ROTEIROS, de Manuel Álvares
III - PRIMEIRO ROTEIRO, de Vicente Rodrigues
IV - DEROTERO

B.; 189+ (2) págs.; 23 cm.
Exemplar com alguns picos de acidez.

" Reunimos neste volume alguns dos mais importantes Roteiros da Carreira da Índia, do século XVI, quatro ainda não publicados e um que sómente o foi em linguas estrangeiras por Linschoten. (...)
Em Preâmbulo de cada um dêles damos as informações que pudemos colhêr. (...)" A.F. Costa

30,00 €
6131

COSTA, DELFIM - MOÇAMBIQUE
NOSSA TERRA.
Lisboa - 1942.
Já lá vivem e trabalham 27.483 europeus dos quaes são portugueses 24.365 ( Varões 14.296, Fêmeas 10.069 ).

B.; 259 págs.; 22 cm.
Capas de br. com alguns picos de acidez, com pequena falha de papel na lomb., com uma assinatura de posse e com 3 anotações marginais a tinta.

"Êste modesto trabalho, que nem é recomendado, como é de uso, com prefácio firmado por colonial eminente, não tem outro fim que não seja o de dizer ao Povo Português o que é e o que vale a sua rica Colónia de Moçambique, e apresentar- lhe, como exemplo a seguir, o que outros portugueses fizeram pelo engrandecimento desta possessão portuguesa da África Austral. (...)" In- Advertência.

25,00 €
6218

DAMÁSIO, LUÍS PIMENTA DE CASTRO - AMADEO, VIDA E ARTE
1887 - 1918
Município de Amarante.
Prefácio Armando Malheiro da Silva.
Outubro 2018.

NOVIDADE

Esta obra constituída por dois grossos volumes, de capa dura, dentro de uma caixa, numa edição cuidada ricamente ilustrada com várias reproduções a cores e a preto e branco ( de esquiços, correspondência, fotografias, capas de livros, etc ); 27 cm. Tiragem de 400 exemplares impressos em bom papel.

" Este trabalho de investigação sobre Amadeo de Souza Cardoso teve como base e tese de doutoramento em História de Arte Portuguesa, por nós apresentada, em 5 de Julho de 2016, à Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e intitulada A Galeria de Amadeo- Vida Pintada- Subsídios biográficos.
É pacífico e quase um lugar- comum: Amadeo de Souza Cardoso ocupa entre as figuras portuguesas do séc XX um lugar cimeiro. De facto, é hoje consensual que Amadeo foi não só um dos maiores pintores do seu tempo, mas também um grande pioneiro do Modernismo em Portugal. (...) " In- Introdução.

80,00 €
6128

FELÍCIO, RODRIGO PEREIRA ( CONDE DE S. MAMEDE ) - DON SÉBASTIEN ET PHILIPPE II
Paris 1884
.

Enc. nova de lomb. e cantos em sint. com as capas de br.; 129+ (2) págs.+ (1) fl bco.; 26 cm.
A capa de br. da frente com um restauro.
Exemplar com dedicatória do autor.

Inoc., no T. XVIII- 288, diz: - "Rodrigo Pereira Felício, nascido em 1849, conde de S. Mamede, official- mór da casa real, diplomata em disponibilidade, antigo secretario particular de El rei o senhor D. Carlos, quando principe real, etc, Vivia retirado da vida publica e entregue a estudos historicos. Tinha uma filha casada com o ilustre diplomata e escriptor brasileiro dr. Assis Brasil. Faleceu de repente, na casa da quinta da Victoria, em Sacavem de Cima, termo de Lisboa, propriedade de outro genro, sr. Carlos Nunes Teixeira, aos 14 de Junho de 1905."
No Arquivo Nobiliarchico Brasileiro organizado pelo Barão de Vasconcellos e o Barão Smith de Vasconcellos, Lausanne, 1918, p. 530 diz o seguinte:
- "(...) A 2ª Baroneza de Vasconcellos, é irman de José Pereira Ferreira Felício, 2º Conde de S. Mamede, ( N. na cidade do Rio de Janeiro, a 4 de Outubro de 1853, F. em Lisbôa, a 14 de Junho de 1905 ), casado com D. Lydia Smith de Vasconcellos (...), filha dos 1ºs Barões de Vasconcellos; é tambem irman de D. Maria Julieta Ferreira Felicio (N. no Rio de Janeiro, a 20 de Novembro de 1865, e ainda viva) casada com Francisco de Azevedo Soares de Campos e Castro, 2º Conde de Carcavellos, residentes em Braga.(...)"

50,00 €
6148

FERNANDES, JOSÉ D. SANTA- RITA ( ARQ. ) - ABRANTES CIDADE
Análise crítica pelo Arquitecto...
Edição da Câmara Municipal de Abrantes
Comemorativa do Cinquentenário da elevação de Abrantes a Cidade. S/d.

B.; (4)+ 177+ (4)+ 2 extratextos desdv.s; muito ilust.; 24 cm.

Com a colaboração do Centro de Estudos de Urbanismo e Habitação Eng. Duarte Pacheco e de Arq. José M. Torre do Vale, Eng. Aquilino Ribeiro, Luiz Cunha Esteves, Arq. Salustiano dos Santos, Alda Rosa do Lago e Fernando Brandão.

25,00 €
6121

FERNANDES, M. ANTONINO - MOREIRAS
( PATRONOS DO MOSTEIRO DE TAROUQUELA )
- Origem da Linhagem e Ramificações.
Porto - 2013

B.; 113 págs. (1ª fl bco ); 25 cm.

"(...) Partindo do genearca, que figura como DE MOREIRA, pela primeira vez, fazemos proceder dele 10 ramos principais e que julgamos mais representativos. São eles: o dos CONDES de BARCELOS e ALMIRANTES- MORES de PORTUGAL; dos ALCAIDES- MORES de CASTELO BRANCO; dos SENHORES da CASA da PRELADA; da CASA de AVELEDA; do PAÇO de CIDADELHE; das QUINTAS de LIDRAIS e do RIBEIRO, no Marco de Canaveses; da CASA das VIRTUDES (Porto); bem como os BALDAYAS, do Porto; os SOUSAS CARNEIROS, de BENVIVER; e vários outros. (...) " In- pág. 9

25,00 €
6143

FERREIRA, J. AUGUSTO (MONS.) - MEMÓRIAS ARCHEOLOGICO- HISTORICAS DA CIDADE DO PORTO.
( FASTOS EPISCOPAES E POLITICOS )
SEC. VI - SEC. XX
Obra illustrada com os brazões dos respectivos Bispos desde o seculo XV
( a partir do Bispo D. Luis Pires 1454/ 1465, no 2º vol. )
Livraria Cruz.
1923 - 1924.
Braga.

Obra dividida em 2 volumes, neste caso encadernados em um, com uma bonita enc. nova de lomb. e cantos em pele. Com as capas de brochura; 446+ (1) pág. e 684 p.+ (4) págs+ 4 gravuras, extra - textos desdobráveis; 23 cm.
Exemplar com 2 ex- libris diferentes.

" A historia politica da cidade do Porto está tão intimamente ligada com a dos prelados, que teem presidido aos destinos da Igreja portucalense, que é impossivel mencionar uma sem referir a outra: d’aqui nasceu o projecto de continuar o Catálogo dos Bispos do Porto, de D. Rodrigo da Cunha, impresso em 1623, e d’elle derivou o estudo que vae seguir-se. (...)"
”n - Introdução

280,00 €
5262

FERREIRA, PAULO GASPAR - DICIONÁRIO TÉCNICO DE TERMOS ALFARRABÍSTICOS
In- Libris, Porto, 1997.
.

B.; 173+ (2) págs.; il.; 20 cm.

" A ideia de iniciar o presente trabalho surgiu da necessidade profissional de organizar a terminologia técnica vulgarmente utilizada num meio onde se movem não só os livreiros antiquários, mas também coleccionadores, bibliófilos, encadernadores, gráficos, etc. (...) " O Autor.

Valiosa ferramenta de trabalho.

25,00 €
1543

FIGUEIREDO, FIDELINO - COMO DIRIGI A BIBLIOTECA NACIONAL.
( Fevereiro de 1918 a Fevereiro de 1919 )
Livraria Clássica Editora.
Lisboa - 1919.

B. de 125 + (2) págs.; 23 cm.
Exemplar com um pequeno defeito na capa de brochura e no interior com ligeiros picos de acidez. Por abrir.

"(...) Vivendo dos livros e para os livros, que melhor situação espiritual poderia eu esperar que a de bibliothecario e que missão mais grata poderia, como estudioso, desempenhar, do que preparar para mim e para todos os homens de letras e de sciencias deste paiz uma verdadeira biblotheca, que satisfazesse plenamente as reclamações delles e desempenhasse de modo cabal o seu poderoso papel de instrumento propulsor da cultura ? (...)" In- pág.12.

20,00 €
6124

FRIEDERICI, GEORG - CARÁTER DA DESCOBERTA DA AMÉRICA PELOS EUROPEUS
por...
Ministério da Educação e Cultura.
Instituto Nacional do Livro.
Secção das Publicações

1967
Rio de Janeiro - GB.

B.; XII (1ª fl bco )+ 516+ (1) pág.; 24 cm.
Exemplar com pequenas manchas na capa de br. da frente e nas três primeiras folhas. Na pág. IX tem uma dedicatória e tem manchas de água nas margens das páginas 410- 516 não atingindo o texto.

"(...) em 1925 aparecia o primeiro volume de O Caracter da Descoberta e da Conquista da América pelos Europeus. Em 1936, foram publicados os dois outros volumes, dos quais sómente o segundo é que se refere ao Brasil - e é aqui apresentado ao publico brasileiro, em tradução, pelo Instituto Nacional do Livro." In- Pág. VIII

40,00 €
6130

GOMES, ALEXANDRE REIS - ESTAMPA E CARICATURA POLÍTICA ESTRANGEIRA SOBRE PORTUGAL: A DOAÇÃO RAU
Catálogo Exposição.
Museu Nacional de Arte Moderna, 6 de Dezembro a 25 de Março 2000.
Instituto Português de Museus- 2000

B.; 254 págs.; il.; 28 cm

" A doação Rau efectivada nos anos 90 (...) contém em si para além da presença do coleccionador, a figura do amador erudito, e do cidadão interessado no seu país.
Este fragmento da sua colecção, o único que deliberadamente se conservou intacto, está intimamente ligado ao estudo sobre " Estampa e Caricatura Política Estrangeira sobre Portugal " que ficou inédito e cuja publicação é indispensável ao entendimento deste catálogo e desta mostra, pois apresenta um dos vectores da actividade do coleccionedor: o sistemático confronto com a imagem que de Portugal se tinha por essa Europa fora quer no antigo regime quer no período liberal.(... )" José Luís Porfírio.

45,00 €
6098

GUEDES, ARMANDO MARQUES - A ALIANÇA INGLÊSA
( NOTAS DE HISTÓRIA DIPLOMÁTICA ).
Editorial Enciclopédia, Lda.
Lisboa - 1938.

PRIMEIRA EDIÇÂO

B.; 358 págs.; 23 cm.
Com pequenas falhas na lomb.

Índice: I- Na Idade Média; II- No século dos Áustrias; III- No século dos Bourbons; IV - Contra a Revolução e o Império; V- Um século inglês (1815- 1914 ); VI- Para fechar.

30,00 €
6163

GUIMARÃES, ALFREDO / ALBANO SARDOEIRA - MOBILIÁRIO ARTÍSTICO PORTUGUÊS
( Elementos para a sua história )
Marques Abreu.
Porto, 1924 - 1935 - 2 vols.

Obra belissima, de grande cuidado gráfico em dois volumes, sendo o primeiro da autoria de A. Guimarães e A. Sardoeira, referente ao mobiliario de Lamego, edição Marques Abreu - Porto. E o segundo volume, que saíu passado 11 anos, referente ao mobiliario de Guimarães, das edições Pátria - V. N. de Gaia, só da autoria de A. Guimarães.
Apesar de terem sido feitos por editores diferentes, tiveram o cuidado, de manterem o mesmo aspeto grafico.
Edição muito ilustrada com centenas de reproduções separadas e intercaladas no texto, representando bonitas e variadas peças de mobiliário, ferragens, arte sacra, etc.

Boas encadernações da época, de lomb. em pele da Livraria Moraes. Ambos os volumes com dois ex- libris e com uma assinatura de posse.
Bom Exemplar.

250,00 €
6140

LACERDA, FRANCISCO GAVICHO DE - OS CAFRES
SEUS USOS E COSTUMES.
Livraria Rodrigues
188, Rua do Ouro - Lisboa.
1944

PRIMEIRA EDIÇÃO

B.; 156+ (1) pág.; il.; 24 cm.
Exemplar com dedicatória do autor e com pequena falha de papel na lombada.

" Il.mo e Ex.mo Sr. Conselheiro João de Azevedo Coutinho de Fragoso Sequeira
Ao publicar este estudo sobre os cafres, não podemos deixar de o oferecer a V. Ex.ª por serem eles os aborígenes da Zambézia, e por terem saído desta belicosa raça os célebres cipaios, que o grande sertanejo João Bonifácio, em 1860, lançou sobre Angoche, conquistando- o aos Mouros, e que V.ª Ex.ª, com o prestígio inegualável do seu nome heróico, levou à conquista de tantas aringas rebeldes, pacificando assim tôda a vasta região zambeziana.(...)" In- pág.5

45,00 €
2502

LEMOS, MIGUEL ROQUE DOS REYS - ANAIS MUNICIPAIS DE PONTE- DE- LIMA
Apreciações do Dr. Luiz Figueiredo da Guerra e de João Gomes de Abreu.
Edição da Câmara Municipal de Ponte- de- Lima.
Viana- do- Castelo.
Tip. Gutenberg, Ltd.
1936. (1938)

PRIMEIRA EDIÇÂO

B. 236 págs. + (1) fl. ;il. ; 23 cm.
Com uma dedicatória do autor e com pequenas falhas na lombada.
Capa de brochura - A gravura do brasão de Ponte de Lima foi executada por Marques Abreu, sobre desenho de António Fonseca.

" Miguel Roque de dos Reys Lemos nasceu em Viana- do- Castelo a 15 de Novembro de 1831, falecendo na mesma cidade em 19 de Dezembro de 1897.
(...) A ponte e os miliários mereceram- lhe particular atenção, interpretando pacientemente as suas inscriões. (...) " In- pág. 9.

40,00 €
3265

LIVRO DAS MIL E UMA NOITES, O - ESTUDIOS COR
Lisboa Editorial.
1958- 1962
COLEÇÃO COMPLETA

São 6 volumes com uma encadernação editorial em pele vermelha muito decorada nas pastas e lombadas, como se pode ver na fotografia.
As encadernações com pequenos sinais de uso.

Traduções dos mais conceituados escritores: Aquilino Ribeiro, Branquinho da Fonseca, Carlos de Oliveira, Domingos Monteiro, Irene Lisboa, Jose Gomes Ferreira, Manuel Mendes e Nataniel Costa.
Obra profusamente ilustrada com trabalhos a cores e a preto e branco, em extra- texto, de Bernardo Marques, Carlos Botelho, Cipriano Dourado, Fernando Azevedo, Julio Pomar e Vaz Pereira, entre outros.

220,00 €
6142

LOPEZ, JOSE FERNANDEZ ( D. ) - MISCELANEA DE ESTUDOS DEDICADA A ...
EL MUSEO DE PONTEVEDRA, - XXIX
Disputación Provincial de Pontevedra y Patronato José M. Quadrado del C. S. de I. C.
Pontevedra - 1975.

B.; 515 págs.+ XCII laminas; il.; 21 cm.
Muito ilustrado.

Neste número XXIX do "El Museo de Pontevedra" dedicado a D. José Fernandez Lopes com artigos sobre: - Prehistoria Y Arqueologia, Numismatica, Historia, Arte Costumbres, Bibliografia y Literatura, etc.

25,00 €
5653

MANUSCRITO - NOTÍCIA BIOGRÁFICA DO
Conselheiro José da Cunha Navarro de Paiva.
( autógrafa )
por
Francisco Navarro Marques de Paiva, seu sobrinho - 27. 02. 1938.

São 6 folhas tamanho A4, escritas só dum lado em letra legivel.

O manuscrito acaba da seguinte forma: - "Declara o organisador d`esta memoria biografica, do Conselheiro Doutor José da Cunha Navarro de Paiva que deseja que lhe seja enviada a publicação que d`ella se fizer.
Donas (Fundão) 27 de Fevereiro de 1938.
Francisco Navarro Marques de Paiva, Bacharel em Direito e sobrinho do biografado."

20,00 €
6135

MARQUES, A. H. DE OLIVEIRA - GUIA DO ESTUDANTE DE HISTÓRIA MEDIEVAL PORTUGUESA.
Imprensa Universitária. Nº 15
Editorial Estampa.
2ª Edição

B.; 265 ( sendo a 1ª fl em bco )+ (4) págs.; 21cm.
Capa de brochura apresenta ligeiros defeitos. Por dentro o livro está em bom estado.

" Nota á 2ª edição - Esta segunda edição aparece consideravelmente ampliada e melhorada. Não apenas se acrescentaram as mais importantes obras surgidas dos prelos entre 1964 e 1979 como também se atendeu à reestruturação dos arquivos- sobretudo do Arquivo Nacional da Torre do Tombo em várias das suas colecções-, se corrigiram numerosas deficiências da primeira edição e se aditou um pequeno capítulo sobre temática para dissertações e outros trabalhos de investigação. (...) "

15,00 €
6117

MARQUES, MARIA ZULMIRA ALBUQUERQUE FURTADO - O MOSTEIRO DE ALCOBAÇA E A DINASTIA DE AVIZ
A ARTE NO MOSTEIRO E COUTOS DE ALCOBAÇA- SEC. XV - XVII
Alcobaça - 1999

B..; 249+ (2) págs.; il.; 24 cm.

"(...) No entanto, a velha Abadia de Alcobaça, apesar da penumbra em que mergulhara, não deixou de ser um notável potentado, que os reis respeitavam e tinham em grande conta e por isso, o rei "Venturoso", ambicionou colocar dois dos seus filhos como Abades de Alcobaça. Concretizado esse desejo, D. Manuel I procurou favorecer o Mosteiro, ordenando a construção da nova sacristia (ruiu quando o terramoto de 1755) o cadeiral do coro e o 1º andar do Claustro de D. Dinis. Alargou também a sua acção aos próprios Coutos de Alcobaça, onde ainda em certas igrejas, portais e pelourinhos, se nota a sua acção.(...)" In- pág. 7

32,50 €
6104

MONTEIRO, MARIA MANUELA BLANC DA GUERRA DE SAMPAIO FERNANDES ALVES - LIVRO DA FAMÍLIA
DE JOSÉ PEDRO FERNANDES Meu Bisavô E SUA DESCENDÊNCIA.
S.l. - 1998

B.; 301 págs.+ 1 desd.; 30 cm.
Capa de brochura da frente com uma pequena quebra mas por dentro está como novo.

" José Pedro Fernandes, filho de Pedro Fernandes e de Teresa D`Assumpção Fernandes, natural de Frechas, concelho de Mirandella, districto administrativo de Bragança, nasceu em 25 de Janeiro de 1821. Casou com Emilia Pimentel Fernandes, em 17 de Outubro de 1846, viuvou em 14 d`Outubro de 1865. Passou a segundas núpcias com Anna de Jesus Fernandes, em 11 de Fevereiro de 1866; do primeiro matrimónio não houve filho algum, e do segundo houve 17, dos quaes na actualidade ainda existem 15 vivos.
Foi empregado na construção do caminho de ferro da Beira Alta em 16 de Junho de 1879, passando á exploração do mesmo caminho de ferro em 1 de Julho de 1882, onde exerceu as funções de chefe das estações de Villa Fernando, Freineda e Cerdeira. (...)" In- Apontamentos biographicos.

42,50 €
6123

MORAES, WENCESLAU DE - NO SEU PRIMEIRO CENTENÁRIO
Lisboa - 1955
Sociedade de Geografia de Lisboa.
Livraria Luso-Espanhola. Lisboa - 1955

B.; (48) págs.: il ; 26 cm .

"(...) A presente brochura inclue vários estudos sobre Wenceslau de Morais e até algumas notas pessoais do próprio escritor. Não se esquecem testemunhos inéditos da própria infância ou juventude do ilustre português. (...)" Mendes Correia ( Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa ). In- pág. 5

15,00 €
6144

MORENO, HUMBERTO BAQUERO - EXILADOS, MARGINAIS E CONTESTATÁRIOS NA SOCIEDADE PORTUGUESA MEDIEVAL
Estudos de História.
Editorial Presença.
Lisboa - 1990.

B.; 235 págs.; 21 cm.

"Esta colectânea de ensaios abre pistas visando uma compreensão dinâmica da sociedade portuguesa que permite captar o fio condutor da realidade histórica, através da análise dos confrontos que opuseram indivíduos e grupos sociais. Contestação e oposição da nobreza portuguesa ao poder político na Idade Média; Um possesso do demónio no século XV; O poder central e o poder local: modos de convergência e de conflitos nos séculos XIV e XV; A conspiração contra D. Joâo II; O julgamento do duque de Bragança- são alguns dos estudos incluídos no presente volume." In- contracapa.

20,00 €
6105

NEVES, FRANCISCO FERREIRA - LIVRO DOS ACORDOS DA CÂMARA DE AVEIRO DE 1580.
Subsídio para o estudo da vida municipal e nacional portuguesa no século XVI.
Edição da Câmara Municipal de Aveiro.
1971

B.; 94+ (1) pág.; 25 cm.
Com uma dedicatória do autor no anterrosto.

O «Livro dos Acordos» da Câmara da Vila de Aveiro de 1580 é um códice que nos fornece elementos para o estudo da vida económica, social e política da vila de Aveiro no ano de 1580 e informaaações que muito interessam à História de portugal, pois se referem á grande crise dinástica e política que trouxe a este país a perda da sua inde pendência. Contém aquele livro as actas das sessões da Câmara da vila de Aveiro realizadas no intervalo de tempo de 2 de Janeiro a 7 de Setembro de 1580. (...)" In- Palavras Prévias

20,00 €
6103

NOVAIS, ISABEL CADETE - JOSÉ RÉGIO
ITINERÁRIO FOTOBIOGRÁFICO.
Colecção Presenças da Imagem.
Imprensa Nacional- Casa da Moeda.
Câmra Municipal de Vila do Conde.

B.; 373 ( 1ª fl. bco.)+ (2) págs.; muito ilustrado, 28 cm.

" O livro é essencialmente constituído por material iconográfico ( fotografias, documentos e desenhos ) complementado com excertos das obras do escritor, textos autobiográficos, correspondência e testemunhos de pessoas que com eles conviveram. Na organização destes documentos, optámos por uma sequência cronológica, como fio condutor, já que o espólio é rico em elementos biográficos, enriquecendo, sempre que possível, as imagens com as palavras de Régio. (...)" In- pág. 13

45,00 €
6153

OSÓRIO, JERÓNIMO - HIERONYMI OSORII/ LVSITANI/ EPISCOPI SILVENSIS/ DE IVSTITITIA CAELESTI/
LIBRI DECEM.
TOMVS I e TOMVS II
Sevundvm Editionem Romanam
Correctvs et Emendatvs.
CONIMBRIACAE
TYPIS ACADEMICIS, A.D. 1793

Enc. nova, de lomb. e cantos em pele. Boa enc.; 2 Volumes; (4)+ 314 e (4)+ 355 págs; 19 cm.
Carminados e aparados à cabeça. Exemplar irrepreensível.

In- Inoc. T.II- 85 - "Colecção das obras de Auctores Classicos Portuguezes que escreveram em latim, as quaes no fim do seculo passado se reimprimiram em Coimbra na Imprensa da Universidade, no formato de 8º pequeno (...) "

125,00 €
6149

PANOFF, MICHEL / MICHEL PERRON - DICIONÁRIO DE ETNOLOGIA.
Tradução de Carlos Veiga Ferreira.
Edições 70. Lisboa - 1979
COLEÇÃO LEXIS.

Enc. int. de sint. com as capas de br.; 195+ (3) págs.+ 5 ilust.s extratexto; 23 cm. Com um carimbo na 2ª folha.
Título original - Dictionnaire de l`Ethnologie. Paris. 1973.

"(...) Raramente recorremos a citações que, devido à brevidade que seria necessário impor- lhes numa obra deste formato, corriam o risco de caricaturar o pensamento dos seus autores. Pareceu- nos mais útil e menos perigoso multiplicar as referências bibliográficas de forma a permitir o recurso às fontes e, portanto, uma melhor possibilidade de apreciação.(...)" In- pág. 11.

25,00 €
418

PERES, DAMIÃO - HISTÓRIA DE PORTUGAL
Edição Monumental comemorativa do 8º Centenário da Fundação da Nacionalidade
Portucalense Editora, Barcelos 1928.

C/c em 10 vols; enc. ed.; 29 cm.

200,00 €
6133

PINHEIRO, JOSÉ JOAQUIM - EPOCAS MEMORAVEIS
DA ILHA TERCEIRA DOS AÇORES.
Offerecida á mocidade terceirense pelo açoriano ...
Angra do Heroismo - 1890- 1896

São 6 Epocas. Neste exemplar distribuidas em 4 volumes, com uma enc. da época de lomb. em pele; 19 cm.Todos os 4 volumes com uma assinatura de posse no frontispicio. O 1º volume apresenta uma mancha de água na margem superior, entre as páginas 70- 174.

No PRIMEIRO Vol. : Nº 1 (1890) - 1ª Epoca - Idade d`Ouro; 1450- 1580 com 183+ XXIV págs.
Nº 2 (1890) - 2ª Epoca- Idade de Prata; 1580- 1583 com 244+ XII págs.
No SEGUNDO Vol. : Nº 3 (1891) - 3ª Epoca- Idade de Ferro 1583- 1640 com 200 págs.
Nº 4 ( 1892) - 4ª Epoca- Restauração 1640- 1642 com 144 págs.
No TERCEIRO Vol. : Nº 5 (1893) - 5ª Epoca- Retorno 1642- 1820 343 págs.
Neste vol. diz FIM, mas ainda temos um 4º volume.
No QUARTO Vol. : S/ nº (1896) - 6ª Epoca- Retorno 1821- 1832 436 págs.
Historia da Liberdade nos Açores por Manoel Pinheiro.
No anterrosto deste volume diz o seguinte:- Á memoria de seu fallecido pae, o sr. José Joaquim Pinheiro Author dos cinco primeiros volumes d`estas EPOCAS: como tributo de veneração e piedade filial. Consagra o author.

225,00 €
6132

RAFAEL, GINA GUEDES/ MANUELA SANTOS - JORNAIS E REVISTAS PORTUGUESES DO SÉC XIX
Coordenação e Organização
Prefácio de José Manuel Tengarrinha.
Biblioteca Nacional - 2001/ 2002

Coleção Completa em 2 volumes.
B; 478 (1ª fl bco)+ (1) pág. e 427( 1ªfl.bco)+ (2) págs.; il.; 24 cm.
Esta coleção apanhou água na parte inferior, mais no 1º do que no 2º volume onde é quase imperceptível. Como o texto não foi atingido os volumes estão completamente legiveis e aceitaveis.


" Nota Prévia - A escolha do século XIX como ponto de partida para a realização deste catálogo não foi casual, visto ser um período muito significativo da vida social, política, económica e cultural em Portugal. De facto verificou- se neste século um aumento da produção de jornais, motivado quer pela contestação às Invasões Francesas, quer pela posterior Revolução Liberal e lutas liberais.(...) " In- pág.15. Importante instrumento de trabalho.

26,00 €
3131

REGIO, JOSÉ - A CHAGA DO LADO
Sátiras e Epigramas.
PORTUGALIA
Lisboa, 1954.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Enc. de lomb. em pele, com as capas de brochura; 92 ( sendo a 1ª fl bco )+ (2) págs.; 23 cm.
Bom exemplar.

50,00 €
6118

REGIO, JOSÉ - ESTUDOS DE JOSÉ RÉGIO
Primeiro
ANTÓNIO BOTTO E O AMOR
Livraria Progredior - Pôrto. 1937 (1938)

B.; 188+ (3) págs.; 20 cm.
Com uma assinatura de posse no anterrosto.

" Escrevi sobre António Botto um trecho publicado no número 13 da «Presença», um ensaio publicado na marginália das « Cartas que me foram devolvidas», um pequeno estudo publicado no «Ciúme», e vários artigos numa discussão travada com Tomaz Ribeiro Colaço no «Fradique». (...)Todos êsses escritos foram incluídos, corrigidos, desenvolvidos, submetidos a um certo plano geral, - neste ensaio.(...)" In- NOTA

45,00 €
6127

ROSA, JOSÉ ANTONIO DA - COMPENDIO DAS MINAS
DEDICADO/ Ao Serenissimo Senhor D. Joaõ,/ Principe do Brazil./ Composto por...
Segunda Impressaõ.
Lisboa, 1794
Na R. Typ. de Joaõ Antonio da Silva. Impreffor de Sua Mageftade.

Enc. de lomb. e cantos em pele, mas não da época; (6) págs. (frontispício e dedicatória) + 268 págs. + 6 págs. (índice) + 7 desdobráveis em extra-texto entre as págs. 106 e 107 (Taboas) + 15 desdobráveis em extra-texto no final do volume (Estampas); il.; 21 cm.

Inoc. IV, p. 246 - "Jose Antonio da Rosa, Tenente general, Conselheiro de Guerra, e Commandante geral da Artilheria; Deputado ás Côrtes constituintes de 1821, etc.- Foi, segundo creio, natural de Lisboa, e parece ter falecido pelos annos de 1831 ou 1832.(...)"
Inocencio só menciona a edição de 1791 que descreve com 268 págs.+ 15 estampas. E também diz " o auctor compoz esta obra para servir de texto ás lições na Academia Real de Fortificação, onde elle então era Lente."

230,00 €
5746

ROSTAND, JEAN - COSTUMES NUPCIAIS DOS ANIMAIS
Prefácio de ...
Tradução portuguesa de A. de Oliveira Alves (Médico).
Editôra Educação Nacional, L.da - Porto. 1943.

Br.; 279 págs.; 20 cm.
Exemplar com uma assinatura de posse no frontispício. Parcialmente por abrir.

São vários os colaboradores: Lucien Berland, L. Bertin, F. Angel, J. Berlioz, Jacques Delamain, Jean de Bosschere, Andrée Martignon, Jean- Emile Benech, Denyse de Stampa, G. petit, Dr- E. Gromier, Marquês de Barthelemy e Dr. Laurent.
" (...) Os autores dos Costumes Nupciais dos Animais não pretenderam, de modo algum, realizar uma enciclopédia do amor zoológico; semelhante emprêsa ultrapassaria largamente o âmbito desta obra. Limitaram-se simplesmente a escolher, nas diferentes classes do reino animal, alguns dos exemplos mais característicos do comportamento sexual. O seu principal cuidado foi a exactidão. Defendendo- se de qualquer adulteração romanesca, apenas descreveram, em geral, aquilo que puderam ver por si próprios, e, nos pontos em que lhes faltava a observação pessoal, ùnicamente se utilizaram de testemunhos autorizados e escrupulosamente seleccionados. (...) " In- Prefácio da ed. francesa, pág.9.

30,00 €
6109

SAMPAIO, JORGE PEREIRA DE/ CANDIDA DE ARRUDA BOTELHO - CASAS PORTUGUESAS E BRASILEIRAS
DUAS VISÕES, DOIS TESTEMUNHOS.
Edições Inapa.
Lisboa. 2000.

Capa dura com sobrecapa ilustrada; 138+ (5) págs.; il.; 32 cm.
Muito ilustrado com fotografias de Jorge Santos e Emanuel Santos de Almeida.

" (...) Um pouco por todo o Norte de Portugal, os brasileiros de torna viagem construíram grandes casas senhoriais já no século XIX, e palácios como esses ainda sobrevivem em Belém do Pará. Tal como Ouro Preto, no interior de Minas, nos permite pensar no centro histórico de Guimarães ou nalgumas ruas de Braga. (...)" In- Prefácio de Rui Rasquilho.

50,00 €
1823

SEQUEIRA, DOMINGOS ANTÓNIO DE - ÁLBUM DO PALÁCIO DE ARROIOS.
Desenhos de Domingos António de Sequeira.
Apresentação pelo Dr João Couto. Texto de Francisco Cordeiro Blanco.
Obra editada pelo Instituto de Alta Cultura. Lisboa 1956.

Luxuosa encadernação inteira de pele, decorada com ferros a ouro nas pastas e lombada. Com as capas de br.; 89 págs.+ LI estampas ( desenhos ) extra- texto+ (1) fl; 34 cm.

" Esta preciosa colecção, até agora inteiramente inédita, é de presumir que tenha sido iniciada em 1796, talvez por D. Rodrigo de Sousa Coutinho em pessoa.
(...) O Album do Palácio de Arroios, cujos desenhos se reproduzem rigorosamente no seu exacto tamanho - com excepção apenas do que a Estampa XV representa e a qual foi ligeiramente reduzida para uniformização do formato - parece pelo tipo de papel e género da encadernação, pertencer ao último decénio do século XIX. Tem na lombada a palavra «ÁLBUM» e a indicação da casa de onde saiu - A. Lenégre, Editeur - e na capa, sobre fundo vermelho, impresso a ouro: «ALBUM - Desenhos de Sequeira». (...) " In- pág. 35.

125,00 €
6106

SERPA, ALBERTO - VARANDA
POEMAS
Edições «Presença» de Coimbra.
1934

Boa enc. de lomb. e cantos em pele, com as capas de br.; (64) págs. inclui 1 retrato do poeta, desenho de António Carneiro.; 19 cm.
O autor dedica esta obra " Ao poeta António Botto, ao poeta José Régio e ao pintor Carlos Carneiro." (impresso na pág. 7)
Este exemplar com uma dedicatória do autor (na pág. 1).

75,00 €
6155

SILVA, JOÃO RIBEIRO DA - ANSIÃES E SEUS FORAIS
Carrazeda de Ansiães, 1997.

B.; (4)+ 156 págs.; il.; 22 cm.

12,50 €
2859

SOROMENHO, CASTRO - A MARAVILHOSA VIAGEM DOS EXPLORADORES PORTUGUESES
Copyright by Castro Soromenho, 1946. (1948)
Exemplar numerado e assinado.

Enc. editorial, int. de pele, decorada com ferros a seco e a ouro ; 391 págs.+ LXXXIV estampas extratexto ( numeradas ) + 10 estampas extratextos ( não numeradas ); il.; 28 cm.

"(...) Nesse ano Silva Porto tinha levado até às margens do Zambeze uma caravana, que largou para Moçambique antes de Livingstone se meter aos caminhos para o litoral de Angola. Essa viagem á Contra- Costa, feita por negros incultos, não trouxe benefícios à ciência geográfica; mas desfez para sempre o mistério dos países do meio. Agora, os seus csaminhos estão fraqueados aos estrangeiros e suas riquezas vão começar a ser exploradas pelos Europeus. A Europa preparava- se para moldar o novo destino da África. (...)" In- pág. 36.
Impresso a preto e a vermelho.

130,00 €
5946

TÁVORA, BERNARDO FERRÃO DE TAVARES E - IMAGINÁRIA LUSO- ORIENTAL
Colecção Presenças da Imagem.
Imprensa Nacional - Casa da Moeda.
Edição sob os auspícios do Comissariado para a XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura.
Os Descobrimentos Portugueses e a Europa do Renascimento.
Lisboa 1983.

Capa dura, editorial, de Armando Alves; LXIII ( sendo a 1ª fl em bco )+ 193 .+ (2) págs; muito ilustrado; 28 cm.

" O Eng. Bernardo Ferrão de Tavares e Távora faleceu em 23 de Dezembro de 1982, após grave e prolongada doença. Foi com grande sacrificio pessoal que pôde completar o moroso e cuidadoso trabalho de elaboração das legendas e de integração de algumas gravuras que estavam ainda em falta, seguir as modificações e reajustamentos do plano gráfico da obra e orientar junto da tipografia vários pormenores de execução de acordo com as suas concepções. (...) Assim, sai finalmente este livro tão esperado e que o seu autor tanto desejaria ter visto realizado. É uma obra imprescindivel que, juntamente com a futura edição em livro dos seus trabalhos dispersos, a Administração da Imprensa Nacional- Casa da Moeda desejaria valesse como homenagem útil á sua memória de homem de cultura e de cidadão, ante a qual respeitosamente se curva. "
Vasco Graça e Moura, Administrador da IN- CM.

125,00 €
6122

TRIGUEIROS, ANTÓNIO MIGUEL - A VIAGEM DAS INSÍGNIAS
VALOR E LEALDADE
Em comemoração dos 200 anos da coroação de D. João VI
6 de Fevereiro de 1818
Rio de Janeiro.

Lisboa 2017/ 2018 - Rio de Janeiro.

Cartonado; 384 págs.; il.; 31 cm.

"(...) Estamos perante um trabalho de grande fôlego, muitíssimo bem apresentado e com uma qualidade iconográfica que julgo insuperável e que, garantidamente, irá desencadear o maior dos interesses por todos quanto se dedicam a este importante tema da História Militar de Portugal, mais concretamente pela sua Falerística. " Alexandre Sousa Pintoi, In- pág.10

63,60 €
6134

VALENTE, VASCO - CERÂMICA ARTÍSTICA PORTUENSE DOS SÉCULOS XVIII E XIX
Livraria Fernando Machado - Porto.

Fotografias de A. Cerqueira, Américo Teixeira Lopes e Mário Novaes.
Gravuras de Marques Abreu.

Boa enc. int. de pele da época, decorada com ferros a seco nas pastas e a ouro na lomb. Com a capa de br. da frente; 243+ (2) págs.+ 79 figs.+ 1 desd.; il.; 29 cm.
Com uma dedicatória na primeira folha em branco.
Com pequeno trabalho de bicho, no festo das 2 primeiras folhas.

180,00 €
2987

VASCONCELOS, J. LEITE DE - « EMBLEMAS» DE ALCIATI
EXPLICADOS EM PORTUGUÊS
Manuscrito do seculo XVI - XVII ora trazido a lume por...
Edição da «Renascença Portuguesa»
Porto
1917

B. 109 p.+ (1) fl.+ 4 extratextos; 19 cm.

" Os - Emblemata - do jurisconsulto italiano ANDREA ALCIATI (1492- 1550), foermados de poemetos, geralmente breves e conceituosos, e cuja 1ª edição (Milão) data de 1522, gozaram de imensa popularidade até os fins do seculo XVIII, já constantemente reeditados e comentados, já traduzidos em várias lingoas ( pelo menos conheço traduções em francês italiano e espanhol), já até imitados por vezes. Tal popularidade explica- se porque o autor procurava moralizar quem o lesse; ora moralizar estava nos habitos literarios não só do seculo de Alciati, mas dos anteriores e do seguinte. (...)"

25,00 €
6150

VERMELHO, JOSÉ A. - AL - MEIRIM
( Velharias desta Vila tão Mui Nobre )
2ª Edição Aumentada com prefácio à primeira edição do digníssimo Presidente do Conselho Administrativo da Fundação da Casa de Bragança, Excelentíssimo Senhor Dr. António Luís Gomes muito ilustre Director- Geral do Monistério das Finanças e um
Prefácio à segunda edição de Levi Vermelho.
Edição dos Serviços Culturais da Casa do Povo de Almeirim. 1959

B.; 104 págs.; il., 22 cm.

" A perspectiva que nos dá esta monografia é na verdade, cheia de interesse e faz desfilar ante os nossos olhos curiosos, as grandiosas cenas e as famosas vicissitudes do passado desta risonha vila ribatejana. Acode, também, com facilidade, à nossa ânsia do maravilhoso e do misterioso. (...)" In- Prefáco à 1ª edição.

20,00 €
1411

VILARES, JOÃO BAPTISTA - MONOGRAFIA DO CONCELHO DE ALFÂNDEGA DA FÉ
Edição da Camara Municipal.
Com uma Carta - Prefácio de Francisco Manuel Alves, Reitor de Baçal.
Companhia Portuguesa Editora, Lda. Porto.

Br., capas com badanas; 285 + (1) p.; 20 cm.
Com uma dedicatória do autor e por abrir.

" (...) Hoje, que tanto se fala em regionalismo, existem por êsse país fora inúmeras comarcas, formando regiões bem definidas, sem possuirem escrito algum por onde avaliar a sua importância histórica ou agricola, industrial ou económica.
Alfândega da Fé era uma delas.(...)
Este facto, aliado ao grande amor que tenho pela região onde nasci, levou- me a delinear êste humilde trabalho no qual puz todos os recursos do meu fraco saber, assim como o produto das minhas investigações nas obras consultadas aonde escasseiam, quási por completo, as notícias sobre esta região. (...)"
O Autor.

35,00 €
6138

ZWEIG, STEFAN - FERNÃO DE MAGALHÃES
Livraria Civilização - Porto
Companhia Editora do Minho. Barcelos.1960.

B.; 356+ (3) págs.; 20 cm.

20,00 €


    ENVIO DE ENCOMENDAS:
       - As encomendas serão enviadas contra-reembolso, salvo acordo em contrário.
       - As despesas do envio são por conta do cliente.
       - Para o estrangeiro enviamos factura pró-forma, seguindo as obras após a recepção do seu pagamento.
 

Página produzida pelo programa CaTema, de AFAsoft          © 2009 António F. Amorim