MONTRA (21.05.2020)
DESCRIÇÃO PREÇO
409

ACTAS - DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ETNOGRAFIA
Promovido pela Câmara Municipal de Santo Tirso de 10 a 18 de Julho de 1963.
Imprensa Portuguesa. Porto.

COLEÇÃO COMPLETA - 6 Volumes

Br.; il; 26 cm.
Exemplares por abrir.

Volume Primeiro - Crónica do Congresso e 1ª Secção; Volume Segundo - 2ª Secção; Volume Terceiro - 3ª Secção; Volume Quarto - Colóquio de Etnografia Comparada; Volume Quinto - Colóquio de Etnologia Marítima; Volume Sexto - Colóquio sobre o Conto Popular.

Comunicações de François Beaudoi, A. Coutinho Lanhoso, J. A. Pinto Ferreira, A. C. Correia da Silva, J. R. dos Santos Júnior, Afonso do Paço, Margarida Ribeiro, Fernando Castelo- Branco, João Afonso Côrte- Real, Guilherme Felgueiras, Fernando de Castro Pires de Lima, Carlos Valle, Arnaldo Mariz Roseira, Luís de Pina, Darío Alvarez Blázquez, Valentin Berrio- Ochoa, F.S.C., Martha Blache, Mário Cardozo, Ariane de Felice, Roberta Jean- Griffith, e muitos outros.

75,00 €
308

AGUIAR, ASDRUBAL D' - SOROR MARIANA.
Estudo sobre a religiosa portugueza pelo Dr. Asdrubal d`Aguiar.
Trabalho ornado de gravuras e enriquecido com a bibliografia das Cartas e obras que lhe respeitam.
Lisboa, Portugalia L.da, 1924.

Enc. lomb. e cantos em pele, com as capas de br.; 224 + (3) págs + 4 gravs extratexto; il.; 21 cm.
Na pág. 119- 199 "As Edições das Cartas de Amor (Notas Bibliographicas)"
Bom exemplar.

"É o estudo a que vamos proceder sobre Marianna Alcoforado, limitado a um ponto especial para que nunca foi chamada a atenção de qualquer escriptor, talvez por nenhum dos que se meteram a esmiuçar a origem da auctora das celebres Cartas de Amor, se dedicar a estudos de pathologia sexual. (...) Tudo mais que se tem composto, e espiritos altamente cultos da nossa terra dedicaram no ultimo quartel do seculo passado horas seguidas ao estudo da ilustre freira e dos seus encantadores escriptos, servir- nos- ha para alinhavarmos um ligeiro escorço sobre a linhagem d`esta dama, (...)" In- pág.6

50,00 €
6650

ALBERGUE - HISTÓRIA E PATRIMÓNIO DO CONCELHO DE ALBERGARIA- A- VELHA
Revista de Publicação Anual.
Nº 1 - Novembro de 2014
Nº 2 - Novembro de 2015
Director: Delfim Bismarck Ferreira.
Editor: Câmara Municipal de Albergaria- a- Velha.

B.; 286 e 305 págs.; il.; 24 cm.
Apenas os dois primeiros números desta revista. Muito ilustrados.

" A - Albergue - , pela grande pertinência e excelente qualidade de autores que reúne, abre- nos um espaço de reflexão intelectual e académica da história e do património de Albergaria- a- Velha. (...) " António Loureiro.

45,00 €
6780

ALMANACH DO EXERCITO - OU LISTA GERAL DE ANTIGUIDADES DOS
OFFICIAES COMBATENTES E NÃO COMBATENTES DO EXERCITO E EMPREGADOS CIVIS.
Publicado por Ordem do Ministerio da Guerra
em conformidade
No disposto no artigo 75.º do decreto com força de lei de 7 de Setembro de 1899.
Referido a 31 de Dezembro de 1899.

Lisboa. Imprensa Nacional. 1900.

Enc. da época de lomb. em pele, com as capas de br.; 367 págs.; 27 cm.
Exemplar com alguns sinais do tempo.
Com um Indice Alphabetico

40,00 €
6777

ALVES, LOURENÇO - A COMENDA DE SANTA MARIA DE CARREÇO
( MONOGRAFIA )
Viana do Castelo.
1989
Edição da Junta de Freguesia de Carreço e Comissão Fabriqueira de Carreço.

B; 251+ (4) págs.; il.; 24 cm.

" Carreço, uma das quarenta freguesias que constituem o concelho de Viana do Castelo, faz parte da corda litoral que vai do Castelo de Neiva a Afife.
Com quatro lugares apenas - Troviscoso, Carreço, Montedor e Paçô - e distando cerca de seis quilómetros da sede do concelho, confronta a sul com Areosa, a nascente com Perre e Outeiro, a norte com Afife e a poente com o mar. (....) " Assim começa esta monografia.

20,00 €
4823

BANDEIRA NACIONAL - MODELO APPROVADO PELO GOVERNO PROVISÓRIO DA REPÚBLICA PORTUGUESA
Lisboa.
Imprensa Nacional - 1910 ( 1911 )

Enc. ed. com ferros gravados a ouro nas pastas.; 19 págs. não numeradas+ 3 Figs. extratexto+ 1 extratexto ( Séllo Branco )+ 1 folha vegetal extratexto ( Proporção do Emblema ); il.; 24 cm.
Exemplar da Tiragem Especial de 100 exemplares em papel da Hollanda, numerados. Com uma assinatura de posse no canto do frontispício.

A Fig. 1 é a Bandeira Nacional, a Fig. 2 a Bandeira Regimental e a Fig. 3 Jack.
Descrição rigorosa nas côres, proporções, relações entre as várias medidas e outros pormenores.

40,00 €
5903

BEIRANTE, MARIA ÂNGELA V. DA ROCHA - SANTARÉM QUINHENTISTA
Lisboa, 1981.

B.; 309 págs. + 11 extra- textos; il; 23 cm.

" Este trabalho é a continuação de um outro já editado pela Universidade Nova, com o título de Santarém Medieval. Durante a pesquisa documental, que venho realizando há já alguns anos, fui reunindo material variado relativo aos séculos XII a XVI. (...) " In- pág. 9

30,00 €
1099

BERNARDES, DIOGO - O LYMA
Em o qual se contém as suas/ eglogas, e cartas. Derigido por elle ao excellente/ principe, e serenissimo senhor/ Dom Alvaro d`Allemcastro,/ Duque d` Aveiro, &c.
Nova Edição.
Lisboa. Na Typografia Rollandiana. 1820.
Com licença da Meza do Desembargo do Paço.

QUARTA EDIÇÃO
Enc. da época, int. de pele de (12)+ 275 págs.; 14 cm.
Corte das folhas jaspeado.
Bom estado de conservação.

" Diogo Bernardes foi natural de Ponte de Lima, se devemos dar credito á declaração exarada no rosto do seu livro das Rimas do Bom Jesus, (...) ficando assim menos provavel a asserção de Barbosa que o julgou nascido na Ponte da Barca. - Nasceu entre os annos de 1530 e 1540, e com certeza antes d`este ultimo, por ser o do nascimento de seu irmão mais moço Fr. Agostinho da Cruz. (...) Ignoram- se quaes fossem os seus estudos e occupação, até que passou à corte de Madrid na companhia de Pedro d`Alcaçova Carneiro, mandado por D. Sebastião na qualidade de seu embaixador a Filipe II. - Acompanhou depois D. Sebastião na infeliz jornada d`Africa, e foi um dos que ficaram captivos na batalha de 4 de Agosto de 1578. Sendo resgatado voltou à patria onde viveu ainda bastantes annos em situação que a julgarmos pelas suas queixas, não distava muito de miseravel, trazendo- lhe novas dificuldades o casamento que parece contraira n`esse intervalo. (...)" In- Inoc. T. II- 147.
Depois de consultarmos o Dicion. de Inocencio e Bibliot. Lusit. de Barbosa Machado. concluimos que há muitas incertezas sobre a vida de Diogo Bernardes.

125,00 €
6766

BESSA, ALBERTO - O JORNALISMO
Esboço historico da sua origem e desenvolvimento até aos nosso dias.
Com um artigo prefacio de Edmundo d`Amicis.
Lisboa.
Viuva Tavares Cardoso.
1904

B; XIX+ 364+ (3) págs.; 19 cm.
Com assinaturas de posse na capa de br., anterrosto e frontispício e uns apontamentos a lápis na pág. (142)
" (...) Alberto Bessa, escritor e jornalista, nasceu no Porto ( 29 de Setembro de 1861) e morreu em Lisboa ( 27 de Janeiro de 1938 ). Principiou a sua carreira de jornalista como redactor principal do jornal socialista O Operário, do Porto, que, mais tarde, se fundiu com O Protesto, de Lisboa, chamando- se O Protesto Operário, com redacção nas duas cidades. (...) " In- "Alberto Bessa e a sua história do jornalismo- uma memória de cem anos." de Rogério Santos.

30,00 €
6081

BETTENCOURT, EMILIANO AUGUSTO DE - DICCIONARIO CHOROGRAPHICO DE PORTUGAL
Com as divisões Administrativa, Judicial, Ecclesiastica e Militar
indicando todas as cidades, villas e freguezias do continente e ilhas adjacentes, os aquartelamentos, a superficie por districtos e concelhos, e a população por districtos, concelhos e freguezias;
designando por um meio simples a posição aproximada de cada povoação na CARTA GEOGRAPHICA DE PORTUGAL annexa a este diccionario, na qual se acham indicadas todas as linhas ferreas, estradas, divisões de districtos, rios e portos principaes:
precedido de um
RESUMO DE CHOROGRAPIA PATRIA por...
Lisboa. 1870

Enc. int. de pele, da época; 146+ 1 Carta de Portugal desd. extratexto; il.; 18 cm.

" Emiliano Augusto de Bettencourt - Arquitecto, pertencendo n`esta qualidade ao corpo auxiliar de engenharia civil. N. em Belem a 12 de Novembro de 1825, fal. em Lisboa a 5 de Junho de 1886. Sendo extincto o corpo auxiliar de engenharia civil, passou a servir na repartição technica do ministerio das obras publicas como desenhador de primeira classe, reformando- se pouco depois. (...) " In- Dicion. Historico (...) de Esteves Pereira T. II- 328

40,00 €
6785

BEZERRA, MANOEL GOMES DE LIMA - MEMORIAS CHRONOLOGICAS, E CRITICAS PARA A HISTORIA DA CIRURGIA:
ou
Noticia da origem, principaes progressos, revoluções, descubrinentos, feitas, privilegios, Academias, obras impressas, e Varoens famozos da Cirurgia desde o principio do Mundo até o prezente:
Auctor MANOEL GOMES DE LIMA,
Pontellimense, Doutor Filosofo, e Medico na Cidade do Porto, Cirurgião da Real Caza de Sua Magestade Fidelissima, Socio das Academias Medicas, e das Sciencias de Madrid, e Sevilha, e fundador das do Porto.
Lisboa Na Offic. de Antonio Rodrigues Galhardo, Impressor da Real Meza Censoria.
1779.
Enc. da época muito bonita, int. de pele decorada com ferros gravados a ourro nas pastas e lomb.; 1 retrato do Visconde de Vila Nova da Cerveira+ (48)+ 100+ 276+ (4) págs.; il.; 18 cm.
Exemplar em muito bom estado de conservação. Raro.

"(...) A pág. LXXIV e seguintes da introdcção o auctor dá noticia da sua pessoa, e dos seus trabalhos e dilligencias emprehendidos com o fim de propagar os estudos cirurgicos em Portugal." In- Inoc. T. V- 445

650,00 €
1206

BOBONE, CARLOS - A QUINTA DE FÔJA
do Seculo XI ao século XXI
Inapa.
Lisboa 2005.

B. 205 p.+ (1) flbco; il.; 24 cm.
Muito ilustrado.

"O protagonista deste livro é um conjunto de terrenos reunidos em torno de uma unidade geográfica natural - o Paul de Fôja. O período em que o vamos acompanhar, dez séculos, curto na escala geológica, extenso na escala biológica, é um tempo em que aí couberam vários ciclos de ocupação humana. No espaço de dez séculos podem nascer, crescer, definhar e morrer povoações.(...)
A Quinta da Fôja tem um lugar de relevo na história da agricultura portuguesa, mas os méritos que a recomendam não se ficam por aí. Os seus campos são um viveiro de espécies zoológicas descoberto pelos cientistas desde 1860, e o seu subsolo, explorado desde 1890, é um filão arqueológico que constitui um dos tesouros culturais da região. As atenções e os estudos que todo este património despertou foram até aqui fragmentários e dispersos. Já é tempo de a História de Fôja emergir das brumas." In- Introdução.

35,00 €
2237

BOTTO, ANTÓNIO - NÃO É PRECISO MENTIR
Editôra Educação Nacional
Porto 1939

B.; 278 p.( inclui 1 retrato do autor )+ (10) p.; 20 cm.
Com uma assinatura de posse no anterrosto e com uma assinatura do autor no colofon.
Capas de br. com pequenas manchas de acidez.

" Livro em prosa, apreciado e não vulgar ...", diz- nos Manuel Ferreira no Catálogo Kol de Alvarenga.

45,00 €
6768

BOXER, C.R. - THE CHRISTIAN CENTURY IN JAPAN, DE
1549 -1650
Carcanet in association with The Calouste Gulbenkian Foundation.
The Discouveries Comission, Lisbon. The Fundação Oriente, Lisboa. 1993.

Enc. ed. de capa dura com sobrecapa ilustrada; XV+ 535 págs.+ 39 estampas extratexto.; 24 cm.

"The four hundredth anniversary of the formal introduction of Christianity into Japan with the landing of Francis Xavier at Kagoshima in August, 1549, affords an excuse for the appearence of the present work at this juncture. The period of Japanese history known as the Christian century was decisive for the development of Japan`s relations with the West. But for the introduction, growth, and forcible suppression of militant Christianity in the sixteenth and seventeenth centuries, it seems probable that Tokugawa Japan would not have retired into its isolationist shell. This in turn implies that Japan`s overseas expansion in that period would not have proved abortive. (...) " In- Preface to the first edition ( 1951)

45,00 €
6781

BRANCO, VIEIRA ( CAPITÃO ) - SUBSÍDIOS PARA A HISTORIA DA IMPRENSA ALGARVIA
de 1833 aos nossos dias.
Composto por Tipografia Caetano.
Faro, 1938.

B.; (2)+ 121 págs.; 34 cm.

José Vieira Branco - « nobre figura a deste homem que aos sete anos, tipógrafo, sustentava sua mãi com a paga do seu trabalho! (...) Até aos vinte anos se foi elevando na profissão, e assim encontramos, de começo, simples tipógrafo na " Burocrática" em Tavira e na " Minerva Eborense" de Évora e aos dezoito anos já chefe da tipografia do "Progresso do Sul " em Faro. Chamado nessa altura à vida militar, assenta praça em soldado para nove anos decorridos ter já o seu galão de alferes (...) » In- pág. 2

25,00 €
6759

CARDIM, JOAQUIM CANAS - NA ESTRADA DO NORDESTE
( Memórias de um Caçador )
Lello & Irmão - Editores.
Porto.

B.; 155 págs. + 6 ils. extratexto; 19 cm.

" (...) O meu objectivo principal é abordar a vivência de todas as espécies da nossa fauna, da vizinha Espanha e América do Norte e em estreita relação com aqueles que praticam o desporto da caça, tirar conclusões e sobretudo dar oportunidade àqueles que me lerem, de meditarem sobre o que escrevi, que irá muito mais além do relato do que aconteceu em determinado dia de caça por simples observação dos caçadores e das espécies no seu habitat natural. (...) " In- pág. 6.

25,00 €
2718

CARVALHO, AUGUSTO DA SILVA - MEMORIAS DAS CALDAS DE MONCHIQUE
Lisboa.
1939
Edição da Comissão Administrativa das Caldas de Monchique

Encadernação luxuosa, com o título gravado a ouro na pasta da frente dentro de uma moldura ricamente ornamentada também a ouro e com as guardas em seda. Conserva as capas de br.; 246 págs.+ (1) fl; 25 cm.
Com o corte das folhas a ouro.
Exemplar da Tiragem especial de 50 exemplares em papel couché sendo este dedicado a S. Excelência o Senhor Presidente do Conselho Doutor António de Oliveira Salazar. Como tal apresenta, numa folha à parte, várias assinaturas de várias personalidades que faziam parte da Comissão Administrativa das Caldas de Monchique.

110,00 €
2091

CARVALHO, JOAQUIM MARTINS DE - APONTAMENTOS PARA A HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA
Coimbra.
Imprensa da Universidade. 1868

Enc. da época de lomb. em pele; (1) fl bco+ VIII+ (1) fl+ 424 p.+ (1) fl bco; 24 cm.

" (...) Dividimos o nosso livro em duas partes: Miscellanea e Imprensa em Coimbra. Na primeira apontam- se factos políticos d`este seculo, pela maior parte esquecidos ou completamente ignorados ( lojas maçonicas e sociedades secretas ). Na segunda contem- se a história da imprensa em Coimbra desde os seus principios. E subdividimos esta em duas epochas, decorrendo a primeira desde a sua introducção em 1531 até à reforma da universidade em 1772, e continuando a segunda até o corrente anno de 1868. (...) " In - pág VI.

Na - Bibliografia das Obras Impressas em Portugal no Sec XVI - de Antonio Joaquim Anselmo, pág. IX, diz que esta parte segunda que trata da imprensa em Coimbra é a continuação do trabalho já publicado em " O Conimbricense. " (1868)

45,00 €
6762

CATALOGO ILLUSTRADO - DA EXPOSIÇÃO RETROSPECTIVA DE ARTE ORNAMENTAL
PORTUGUEZA E HESPANHOLA CELEBRADA EM LISBOA EM 1882.
Sob a protecção de Sua Magestade El-Rei o Senhor D. Luiz I e a Presidencia de Sua Magestade El-Rey o Senhor D. Fernando II.
Lisboa. Imprensa Nacional. 1882.

COLEÇÂO COMPLETA

São 2 volumes encadernados em um, o Vol. I de Texto e o Vol. II de Estampas,
neste exemplar enc.s em 1 vol., com uma enc. da época de lomb. e cantos em pele; com XVI+ 350 págs. e (8) págs.+ 220+ 6 estampas; 23 cm.
Muito Ilustrado com 220 estampas litografadas com objectos da exposição que reuniu milhares de exemplares provenientes de colecções estatais e particulares vindas de todas as regiões de Portugal e Espanha.

Inocêncio XX, 293 - "O redactor do Catálogo Ilustrado da Exposição Retrospectiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola, pág. XVI, declarou que a Comissão Executiva deveu «grande auxílio» nos seus trabalhos de difícil catalogação, no espaço de tempo de que podia dispor, ao sr. Augusto Mendes Simões de Castro. Assim fica registada mais esta singela e justissima homenagem a este bemquisto e ilustrado cidadão e erudito homem de letras."

" (...) Havendo de realisar- se em Lisboa, no Museu Nacional de Bellas Artes, uma exposição de exemplares da arte ornamental e decorativa de origem hespanhola e portugueza, fabricados desde os mais remotos tempos até ao fim do século XVIII, (...)" In- pág. 5.

100,00 €
5846

CHAVES, LUIS - PELOURINHOS DO ULTRAMAR PORTUGUÊS
Pelo...
República Portuguesa.
Ministério das Colónias.
Divisão de Publicações e Biblioteca.
Agência Geral das Colónias.
1948

Enc. de lomb. em pele com as capas de brochura; 13+ (1) pág.+ XIV estampas extratexto; il.; 21 cm.
Bom exemplar.

"(...) Onde havia núcleos portugueses, era organizada, à maneira da metrópole, a vida administrativa. O pelourinho lá estava, numas vilas há notícia dele; falta, porém, na maioria; em outras, existe ainda, ou há representação iconográfica e sinalização topográfica dele. (...) " In- pág. 17

50,00 €
3136

CONDE DA TÔRRE - IN MEMORIAM DO...
Officinas Gráficas Lda.
Lisboa, 1956 (1957).

Enc. int. de pele a imitar o antigo, com as capas de br. e carminado à cabeça; 173 págs.+ 13 extra- textos+ 1 copia de uma carta de D. Duarte na pág 4 + 1 poema de Mecia Mouzinho de Albuquerque com musica de Arnaldo Martins de Brito que são 4 fls na pág. 24 ; 28 cm.
Exemplar da tiragem especial numerada e assinada, com uma dedicatoria no frontispício.

Depoimentos sobre D. José de Mascarenhas da Infanta Dona Filippa, Alberto de Monsaraz, Ana de Morais Sarmento, António Maria do Amaral Pyrrait, Augusto Peres Brum da Silveira, Caetano Beirão, Conde de Valle de Reis, Delfim Maya, Francisco Quintella, Frederico Gavazzo Perry Vidal, Gastão de
Mello de Mattos, Hipólito Raposo, João Ameal, José de Campos e Sousa, José Pequito Rebello, José de Sepúlveda Vellozo, Manoel de Bettencourt e
Galvão, Mécia Mouzinho de Albuquerque, Pedro Correia Marques, Pereira de Matos, Ruy de Andrade, Victor Ribeiro de Menezes e Visconde de Paço de Nespereira.
Invulgar.

150,00 €
6783

CÔRTE- REAL, MIGUEL MARIA TELLES MONIZ - FIDALGOS DE COTA DE ARMAS DO ALGARVE
Edição do Autor.
Camarate - 2003

Capa dura; 599 págs.; il.; 40 cm.
Edição de 750 exemplares numerados e assinados pelo autor.

"(...) Na impossibilidade de tratar globalmente as cerca de 3000 cartas d`armas conhecidas, tarefa exequível para uma só pessoa, mas convictos da necessidade de começar por algum lado, decidimos por uma abordagem circunscrita a um horizonte geográfico restrito do território nacional, mas com individualidade própria: o reino do Algarve. O âmbito cronológico escolhido cobre todo o período de outorga daqueles diplomas, cerca de 400 anos, que decorre de 1438 a 1828. (...) " In- Introdução.

75,00 €
6770

COSTA, BERNARDO DA (FR.) - HISTORIA DA MILITAR ORDEM DE NOSSO SENHOR JESUS CHRISTO.
Dedicada a El- rei D. José I.
NOSSO SENHOR
Escrita por
Coimbra: Na Officina de Pedro Ginioux,
Mercador de Livros. Anno de 1771.

PRIMEIRA EDIÇÃO

Enc. antiga de lomb. em pele e pastas em papel com marcas do tempo; (16)+ 314+ (1) pág. + 1 grav. extratexto; il.; 21 cm.
Com falta de 1 estampa, com uma mancha castanha na margem inferior das pág.s 73- 80 e a pasta posterior ligeiramente "ratada".
O front. é impresso a preto e vermelho assim como as diversas cruzes da Ordem que aparecem no texto da obra.
Muito raro.

Contém este livro o Catalogo verdadeiro e Cronologico dos Mestres que em Portugal teve a Ordem do Templo, "com as diferentes cruzes da mesma e algumas incrições originais (...)" In- Pinto de Matos, 198.

Vêr Inocêncio, T.I- 376; Samodães, T.I- 923.

350,00 €
6825

D. MANUEL II - LIVROS ANTIGOS PORTUGUEZES.
1489-1600.
DA BIBLIOTECA DE SUA MAJESTADE FIDELISSIMA.
DESCRIPTOS POR S.M. EL-REI D. MANUEL.

COLEÇÂO COMPLETA [FAC-SÍMILE] - 3 Volumes + Prospectus.
Sendo o vol. I obras descritas dos anos 1489-1539, o vol. II 1540-1569, o vol. III 1570-1600 e o supplemento que se encontra junto com o volume III, dos anos 1500-1597. Impresso na Imprensa da Universidade de Cambridge e publicados por Maggs Bros. Londres. 1929- 1935.

EARLY PORTUGUESE BOOKS. 1489-1600./ IN THE LIBRARY OF HIS MAJESTY THE KING OF PORTUGAL./ (...)/ DESCRIBED (...) BY H.M. KING MANUEL IN THREE VOLUMES.
Vol. I 1489-1539, Vol. II 1540-1569, Vol. III 1570-1600 e supplement 1500-1597. Printed at the University Press. Cambridge and published by Maggs Bros. London. 1929.
Fac- símiles impressos nas Oficinas de Trabalho Protegido da APPACDM. Braga. 1995.

Enc. editoriais int. sint. com sobrecapas ilustradas;
XXVII+ LVI+ 633+ III/ XXVII+ XII+ 817/ XV+ XLI+ 791+ III/ (10)+ 27+ [3] págs.; muito ilustrado.; 33 cm.
Edição fac- similada acrescentada com os prefácios do Prof. Dr. Vitorino de Pina Martins.

" Com uma descripção completa de cada obra, acompanhada de notas historicas, litterarias, bibliographicas, e biographicas em Portuguez e em Inglez, redigidas por sua Majestade El/ Rei D. Manuel e profusamente ilustrado com mais de oitocentas reproducções em fac/ simile, das folhas de rosto, gravuras e colophons de cada livro, impressas a preto e a vermelho, sendo algumas das chapas impressas a côres po Emery Walker Ltd. (...)
Nesta collecção encontram- se diversos exemplares unicos e obras desconhecidas e cuja descripção e reproducção será feita pela primeira vez. Serão também reproduzidos alguns manuscriptos com illuminuras e cartas autographas de Soberanos do seculo XV até ao fim do seculo XVI. (...) " In- Nota.

125,00 €
4625

DENIS, FERDINAND - PORTUGAL
1846
Paris.
Typographie de Firmin Didot Frères,
Rue Jacob, nº 56
Coleção L`UNIVERS.- Histoire et Descritption de tous les Peuples.

Enc. da época de lomb. em pele, com as capas de br.; (4)+ 439 págs.+ 32 gravuras muito interessantes, extra- texto; 22 cm.
Exemplar com um ex- libris.

" DENIS, FERDINAND. Estudioso francês das literaturas hispano- americanas ( Paris, 1798- 1890 ). Exerceu importantes funções na Biblioteca de Sainte- Geneviève, onde começou a trabalhar como bibliotecário, em 1838, passando a conservador, em 1841, vindo a ser o seu director, a partir de 1865. (...)
F. D. é considerado o primeiro erudito a dedicar- se com mais estudo e mais carinho ( disse- o Hernâni Cidade ) à figura e à obra de Camões, que traduziu para a lingua francesa, (...)
Quanto às obras de maior interesse para Portugal, entre outras, Le Portugal, Paris, 1846. "
In - Biblos Vol. 2, pág. 36.
Vem descrito na Bibliografia Brasiliana de Borba de Moraes, 1º vol., pág. 257.

80,00 €
6788

DIAS, JOÃO JOSÉ ALVES/ A. H. DE OLIVEIRA MARQUES / TERESA F. RODRIGUES. - ALBUM DE PALEOGRAFIA.
Lisboa, Editorial Estampa, 1987.
.

B.; XIII+ 305 págs.; il.; 30 cm.

"O presente - Album de Paleografia - pretende ser um auxiliar dos estudiosos do passado pátrio, colocados perante documentos com mais diferentes formas gráficas, ao mesmo tempo que indica a maneira como se deve proceder à sua fixação.
Os documentos seguem apenas a ordem cronológica. Não se tentou nenhuma classificação dos «tipos» de escrita, porque não existem ainda, para Portugal, estudos especializados de Paleografia que a permitam e os modelos estrangeiros nem sempre se podem aplicar tão linearmente ao caso português." In- Nota Final.

45,00 €
6760

DICCIONARIO CRYPTOGRAPHICO - PARA A CORRESPONDENCIA OFFICIAL E PARTICULAR.
10ª Edição.
Todas as edições são inteiramente iguais.
Portugal - Brasil.
Sociedade Editora.
Lisboa. S. d.

Enc. ed. int. de sint. com o titulo gravado a prata na pasta da frente; (8)+ 238 págs.; 20 cm.
( Temos a informação que este livro era da biblioteca particular de António de Oliveira Salazar ).

"O Dicionario Cryptographico, de que emprehendemos a publicação, conquanto seja applicavel á redacção e decifração da correspondencia secreta, em geral, foi especialmente coordenado para satisfazer ás exigencias da correspondencia official.
O Dicionario é dividido em duas partes: a primeira contém cerca de vinte e dois mil vocabulos, pequenas phrases e locuções de uso mais frequentes, nomes proprios de pessoas, appellidos portuguezes, signaes de pontuação, syllabas e lettras; a segunda, impressa em papel amarello, é um vocabulario geographico, bastante desenvolvido. (...)" In- Instrucções.

20,00 €
6784

DUVIOLS, JEAN- PAUL - L`AMÉRIQUE ESPAGNOLE VUE ET RÊVÉE.
LES LIVRES DE VOYAGES DE CHRISTOPHE COLOMB À BOUGAINVILLE.
1492 - 1768
Editions Promodis. 1985.

Capa dura com sobrecapa ilustrada; 489+ (2) págs.; muito ilustrado; 41 cm.

Titre original de la thèse préparée sous la direction de M. le professeur André Saint- Lu et soutenue le 10 de mai 1985 à l`université de Paris III - Sorbonne Nouvelle pour l`obtention du doctorat d` État.
" L'Amérique espagnole vue et rêvée, l'Amérique imaginaire des voyageurs. Une Amérique que la mentalité européenne s'est construite, au cours de trois siècles de colonisation espagnole, par l'accumulation de préjugés, d'impressions tenaces, mais aussi, par l'examen d'une réalité objective, source d'une documentation irremplaçable sur un monde disparu.
La lecture des récits de voyages, de Colomb à Bougainville, nous permet de connaître ce qu'a été pour les Européens, de la Renaissance au siècle des Lumières, la découverte des autres, qu'il s'agisse des Indiens, des Créoles, des esclaves africains, des membres d'une Eglise sévèrement jugée ou de ceux d'une administration coloniale exécrée. (...) " In- badanas

50,00 €
6761

ESPANCA, FLORBELA - LIVRO DE "SÓROR SAUDADE"
Edição da Autora.
Sociedade Editora Portugal - Brazil, Limitada.
Lisboa. (1923)

PRIMEIRA EDIÇÃO

B.; (80) págs. inumeradas; 19 cm.
Segundo livro da autora.
MUITO RARO.

" Publicou em vida, apenas dois volumezinhos de versos - Livro de Mágoas (1919) e Livro de Sóror Saudade (1923) que, a despeito do grande sentimento que conteem e do profundo culto que a autora demonstra ter pela natureza, passaram quási completamente despercebidos da crítica do tempo. (...) " In- Diccion. Universal de Literatura, p. 811.

250,00 €
6763

FIGUEIREDO, FIDELINO DE - PARA A HISTORIA DA PHILOSOPHIA EM PORTUGAL
( Subsídio bibliographico )
Typ. da Empr. Litteraria e Typographica.
Porto. 1922.

Boa enc. de lomb. e cantos em pele, com as capas de br.; (3)+ 33 págs.; 30 cm.
Separata da Revista de Historia, vol. 11º, 1922 de 200 exemplares.

45,00 €
6779

FIGUEIREDO, MANOEL DE ( FREI ) - CATALOGO/ DAS OBRAS IMPRESSAS, E MANUSCRIPTAS/ DO CHRONISTA/ DOS CISTERCIENSES DE PORTUGAL,/
E ALGARVES.
LISBOA.
Na Officina Patriarcal.
Anno 1792.

Enc. nova int. de sint. com o título gravado a ouro na pasta da frente; 22 págs.
Encontra- se encadernado com a seguinte obra bastante rara, também do mesmo autor:

DISSERTAÇÃO/ HISTORICA, E CRITICA,/ QUE PARA APURAR O CATALOGO/ DOS/ CHRONISTAS MÓRES/ DO REINO, E ULTRAMAR/ ESCREVEO, E OFFERECE/ AO ILL.mo E EX.mo SENHOR/ JOSEPH SEABRA/ DA SILVA (...)
Lisboa Na Offic. Patriarc. de Francisco Luiz Ameno. 1789.
Com o corte das folhas carminado; 19 págs.; 20 cm.

Inoc. T. V pág. 430, nº 596 e pág. 431, nº 600.

Fr. Manuel de Figueiredo - Monge Cisterciense da congregação de Sancta Maria de Alcobaça, Chronista da mesma congregação, etc (...)
«Homem de luzes e fadigas, digno por certo de mais larga vida e melhor fortuna, pela imparcialidade de seu caracter» lhe chama Fr. Joaquim de Sancto Agostinho nas Memorias de Litt. da Academia R. das Sciencias, tomo V., pag. 301. " In- Inoc. T.V, pág. 429.

200,00 €
6790

GALERIA DAS ORDENS RELIGIOSAS E MILITARES - DESDE A MAIS REMOTA ANTIGUIDADE ATÉ NOSSOS DIAS.
Adornada com muitas estampas.
Porto: Typographia na Rua Nº 94
1843.

COLEÇÂO COMPLETA
São 2 vols. com enc.s da época de lomb. em pele; 1º vol. - 216+ (2) págs.+ 52 litografias extratexto; 2º vol. - 216 págs.+ 46 litografias extratexto: il.; 26 cm.
Bom exemplar; gravuras coloridas.
Exemplar com as raríssimas págs. 193- 216 e com as 98 gravs.

Obra extraordinária sobre as Ordens Religiosas e Militares, profusamente ilustrada com gravuras coloridas dos costumes usados pelas respectivas ordens historiadas ou com retratos dos seus fundadores. A obra, segundo Inocêncio, é da autoria de Manuel Ferreira de Seabra atual barão de Mogofores e Camilo Aureliano da Silva e Sousa.
Muito raro.
Vêr Inocêncio, T. IX- 411.
Sobre o autor consultar - J. M. Costa Reis., Genealogia da Familia Seabra de Mogofores, p. 302.

350,00 €
144

GOMES, JOAQUIM DA CONCEIÇÃO - DESCRIPÇÃO MINUCIOSA DO MONUMENTO DE MAFRA
Idêa geral da sua origem e construcção e dos objectos mais importantes que o constituem.
SEGUNDA EDIÇÃO
Correcta e augmentada com muitas notas e com uma Noticia de Cintra, seus Edificios e Arredores por...

Editor - Augusto Taveira Pinto.
Lisboa, 1871.
.
Enc. posterior, de lomb. e cantos em sint. com as capas de br., ligeiramente ratadas; de 1 fl br.+ 108+ (1) pág.; 23 cm.
Exemplar com restauro na pág. 31.

" Vão cento e quarenta annos decorridos depois de erguido o grande monumento de Mafra, e cinco annos vão passados que publiquei em primeira edição a descripção d`essa grandiosa mole architectonica. Era um objecto digno de ser emprehendido, por isso que não existia uma descripção especial d`ella. Foi uma empreza superior ás minhas forças; já o disse, mas repito- o. O enthusiasmo com que, desde a infancia, olhei a primorosa fabrica, o estudo que d`ella tinha feito, levaram- me a essa tentativa; estes, e outros motivos, que mais adiante direi, incitaram- me a fazer segunda edição; fiz novos esforços e addicionei importantes notas. Oxalá que os meus bons desejos possam compensar as minhas faltas. (...)" In- Prologo.

37,50 €
6776

GONZAGA, TOMÁS ANTÓNIO - MARILIA DE DIRCEU
Por T. A. G.
Parte I e II
NOVA EDIÇÂO

Lisboa:
Na Impressão Regia.
1817

Enc. da época, int. de pele, com o rótulo novo na lomb.; 226 págs.; 13 cm.

"(...) Tambem devemos prevenir o mesmo Publico de que, supposto fosse impresso em Lisboa hum folheto, figurando a Terceira Parte das Obras do mesmo Author, he inteiramente apocrifo, e até feito por pessoa do nosso conhecimento; e como só queremos dar à Luz tudo aquillo, de que temos huma cabal certeza ter sido composto pelo nosso amabilissimo poeta, razão porque foi por nós altamente desprezado; não querendo que o Público o avalie por mais do que vale. " In- Advertencia.

90,00 €
4101

GUIMARÃES, AGOSTINHO - AZULEJOS DO PORTO
Arranjo gráfico de Salgado Guimarães.
Porto 1989.

Enc. editorial, inteira de sintético com o título gravado a ouro e com sobrecapa ilustrada em papel; (1) fl bco + frontispicio+ 171 págs; il.; 30 cm.
Muito ilustrado.
Exemplar assinado pelo autor.

O 1º Capitulo "Aspectos históricos do azulejo em Portugal " em português, inglês e francês.

"(...) Desta vez, o Eng.º Agostinho Guimarães, muito louvadamente, oferece- nos, reunidos em volume, artigos ou pequenos estudos, consagrados aos quase esquecidos ou ignorados tesouros de azulejaria que se mantêm, graças a Deus - e quase por milagre! - em painéis, maiores ou menores, integrados no património artístico da cidade do Porto.
Em boa hora o faz, ofertando- nos o mais apetecido e mais caro dos tesouros com que se pode presentear todo o apaixonado pela história da nossa terra! É, de facto, tesouro de alto quilate, este belo estudo (no conjunto ) dos quadros de Azulejaria que enriquecem templos ou simples moradias do Porto dos nossos arqui- avós! (...) " In- "Em louvor de uma arte e de quem a serve" de António Cruz.

55,00 €
6778

GUSMÃO, BARTOLOMEU LOURENÇO DE (P.E) - VARIOS MODOS DE ESGOTAR SEM GENTE AS NAOS
QUE FAZEM AGUA,
OFFERECIDOS AO MUYTO ALTO, E MUYTO PODEROSO REY DE PORTUGAL, & DOS ALGARVES
D. JOÃO V
NOSSO SENHOR
PELO P. Bartholomeu Lourenço.
Lisboa.
Na Officina Real DESLANDENSE. 1710

Enc. nova int. de sint. com o titulo gravado a ouro na pasta da frente; 13 págs.; 20 cm.
A este exemplar falta a 2ª Parte que são 8 págs.+ 1 grav., tradução latina do mesmo opusculo com uma estampa descritiva no fim.
Com manchas de água e aparado mas perfeitamente legivel.
Muito Raro.

V. Inoc. T.I- 334, 56 (C) e Borba de Moraes T. I, p. 384.

100,00 €
6767

INCUNÁBULOS DAS BIBLIOTECAS PORTUGUESAS, OS - SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA.
Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro.
Inventário do Património Cultural Móvel.
Lisboa, 1995.

COLEÇÂO COMPLETA

São 2 volumes, B.; Vol. I Catálogo, 519 págs. e Volume II Índices, 414 págs.; il.; 30 cm.
Importante levantamento do património bibliográfico nacional.

50,00 €
3004

ÍNDICE IDEOGRÁFICO DE - " O CONIMBRICENSE. "
Boletim da Biblioteca da Universidade.
Suplemento ao vol XXI.
Coimbra - 1953

B.; VIII+ 1 retrato+ 199 págs.+ (1) desdobrável; 25 cm.
Exemplar por abrir.

(...) « É preciosa - escreveu o investigador Aveirense (Marques Gomes) - a colecção de O Conimbricense. Mais vasto repositório de história não é possível encontrar- se em nenhum jornal político dos muitos que se têm publicado no País. É um arquivo inestimável de factos e documentos valiosíssimos, uma bússola indispensável a todos os cabouqueiros da história pátria ». In- pág. VIII.

40,00 €
6769

KUPCÍK, IVAN - CARTES GÉOGRAPHIQUES ANCIENNES.
ÉVOLUTION DE LA REPRÉSENTATION CARTOGRAPHIQUE DU MONDE: DE L'ANTIQUITÉ À LA FIN DU XIXE SIÈCLE.
Gründ.
Paris. (1984)

Enc. ed., int. de sint. com sobrecapa ilustrada; 244 págs.; il.; 29 cm.
Ilustrado com 30 ilust.s a cores e 75 ilust.s a preto e bco.

"(...) La cartographie embrasse, en effet, de trés nombreux domaines: histoire des continents et des peuples, voyages dans des lieux connus ou découverts de « nouveaux mondes », art ( des représentations primitives aux documents élaborés et précis, en passant par l`enluminure, la gravure et la caligraphie), dévéloppement des sciences, des techniques et de la géographie. (...)
Le présent ouvrage se veut un guide historique et pratique de la cartographie. (...) ". In- badanas.

25,00 €
377

LACERDA, AARÃO DE - O FENÓMENO RELIGIOSO E A SIMBÓLICA
( SUBSÍDIOS PARA O SEU ESTUDO )
Edição do Autor.
( Imprensa Civização. Pôrto )
Pôrto, 1924.
Dissertação para Licenciatura na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
( Seccção de Ciências Históricas e Geográficas )

Boa enc. de lomb. e cantos em pele, com as capas de br.. Capa de br. de José Cyrne; 447+ (4) págs.; il.; 24 cm.
Carminado só à cabeça. Muito ilustrado no texto e em extratexto.
Bom Exemplar.

"(...) Para escrever sobre o Fenómeno Religioso é preciso compreendê- lo, e para o compreender tem de existir da parte de quem o pretende analisar uma tendência, uma atracção pelos estados de alma e manifestações dos crentes- é preciso que haja aquela intuição ou simpatia intelectual capaz, no dizer de Bergson, de nos fazer atingir o absoluto.
Do Fenómeno Religioso passarei à Simbólica, e aqui teri motivos cujo estudo, desde há muito, é da minha predilecção, principalmente na parte que se refere à simbólica românica e ogival, no que ela tem de calmo ou inquietante, de soturnidade ou de alegria mística. (...) " Aarão de Lacerda, Pôrto, Julho de 1922.

50,00 €
6789

MAIOR, VISCONDE DE VILA - O DOURO ILLUSTRADO
ALBUM DO RIO DOURO E PAÍZ VINHATEIRO
Contendo: Introdução historica e descriptiva do paiz vinhateiro/ descrição das principais quintas e dos trabalhos vinicolas usados no Douro, nota sobre o commércio dos vinhos do Porto/ serviço e trabalho dos armazéns.
Porto
Livraria Universal de Magalhães & Moniz, Editores.
12- Largo dos Loyos, 14
1836.

EDIÇÂO FAC- SIMILADA - Dezembro de 1990
Enc. ed. em tela verde com o título impresso a ouro na pasta da frente, dentro de uma caixa.; (14)+ 226+ (2) págs.+ 2 mapas soltos desdobvs. no fim do livro ( Barão de Forrester): il. ; 27 cm.

O texto do livro é em português, francês e inglês.
Edição rara quando acompanhada dos dois mapas do Barão de Forrester.

180,00 €
2939

MARQUES, HENRIQUE - MEMÓRIAS DE UM EDITOR
( Publicação Póstuma )
Libvraria Central Editora
1935

Enc. de lomb. em pele, com as capas de br.; 378 págs.+ (1) fl+ 1 retrato do autor+ 3 gravuras extra- textos+ 1 carta inédita do autor a Alberto Pimentel; 19 cm.
Exemplar carminado só à cabeça. A partir da pág. 323 com uma mancha de agua nas margens não atingindo o texto.
A partir da pág. 325 tem uma interessante Resenha Bibliográfica de H. Marques.

30,00 €
6758

MARQUES, HENRIQUE - OS EDITORES DE CAMILLO
Alguns Subsídios para a História da Livraria em Portugal
com Retratos de Camilo e de 22 dos seus Editores.
Empresa da História de Portugal.
Lisboa.1925.

Enc. da época de lomb. em pele, com as capas de br.; 1 retrato+ 216 págs.+ 19 gravs. extratexto; il.; 20 cm.

" Além de representar mais uma homenagem a Camillo da parte de quem, ha uma cincoentena de annos, tem pelo seu incomparavel valor um culto nunca desmentido, a presente brochura pretende mais alguma coisa: o seu auctor pensa em concorrer de certa maneira para o estudo, ainda por fazer, da historia da editoração em Portugal, fornecendo aos leitores alguns subsidios que logrou reunir e que se lhe afiguram curiosos. (...) " In- pág.7

35,00 €
2672

MIRANDA, SÁ DE - OBRAS/ DO DOCTOR/ FRANCISCO DE SÁ/ DE MIRANDA.
Nova Edição Correcta, Emendada,/ E augmentada com as suas Comedias.
Tomo I e Tomo II. Na Typographia Rollandiana, Lisboa, 1784
Com licença da Real Meza Censoria.

São 2 vol.s, enc. da época inteira de pele; XXXII+ 290+ (2)+ (4) págs. e 293+ (2) págs.; 15 cm.
Nesta coleção os exemplares são muito parecidos mas com ligeiras diferenças. As encs. são ambas inteiras de pele da época, estando o 1º vol com o corte das folhas jaspeado e o 2º vol. com o corte das folhas carminado. Também a lombada do 1º vol. apresenta um restauro quase impercetivel.
Apesar destas pequenas diferenças consideramos um bom exemplar.
O 1º vol. nas págs. XVI- XXXII inclui a "Vida do Doctor Francisco de Sá de Miranda."

"FRANCISCO DE SÁ DE MIRANDA, Doutor em Direito Civil pela Universidade de Coimbra, Commendador da commenda das Duas-egrejas, da Ordem de Christo, e senhor da casa e quinta da Tapada, junto a Ponte de Lima, que é ainda hoje solar dos seus descendentes. Discorreu durante algum tempo pelas cidades mais notaveis de Hespanha e Italia, com o fim de adiantar e polir os seus conhecimentos, e é tido de justiça como o primeiro fundador entre nós da eschola poetica italiana. N. em Coimbra, a 27 de Outubro de 1495, e m. na sobredita quinta, onde vivia retirado desde muitos annos, no de 1558, a 15 de Março: isto é, onze annos antes que Luis de Camões chegasse a Lisboa, de volta da sua longa peregrinação na Asia. Faço esta observação, para responder incidentemente aos que pretendem descobrir no silencio guardado por Sá de Miranda a respeito de Camões, uma prova de inveja ou emulação para com o cantor dos Lusiadas, de cuja pessoa, a meu vêr, elle Miranda pouco ou nenhum conhecimento podia ter, e muito menos do seu immortal poema. Para a biographia de Sá de Miranda, vej. além do que diz Barbosa no tomo II, a Vida que lhe escreveu D. Gonçalo Coutinho, e anda (anonyma) á frente das obras de Sá nas edições de 1614, 1784, etc. (...) " In- Inoc. III- 53.

Inoc III, p. 54, nº 1782
B.M. vol. II, p. 231

100,00 €
6782

NASCIMENTO, JOÃO CABRAL DO - ESTAMPAS ANTIGAS DA MADEIRA
PAISAGEM- COSTUMES- TRAJE- EDIFÍCIOS- MARINHAS .
Introdução e Notas de...
Simili- Gravuras de Marques Abreu - Pôrto.
Composto e Impresso na tipografia Pôrto Médico, Lda. Pôrto.
Edição do Club Rotário do Funchal.
Funchal: 1935.

B.; 95 págs.: il.; 29 cm.
Capa de brochura com sinais de uso.

Catálogo geral das estampas antigas relacionadas com o arquipélago da Madeira, descrevendo e reproduzindo cerca de duas centenas de gravuras, muitas delas de extrema raridade.
Raro e estimado.

110,00 €
2142

O´NEILL, HENRIQUE - FABULARIO
Composto e dedicado a sua alteza real O Principe D. Carlos por Henrique O`Neill.
Segunda edição.
Muito emendada e precedida de Cartas dos Ill.mos e Ex.mos Srs. Conselheiros António josé Viale e Dr. francisco Antonio rodrigues de Azevedo, e de Mr. Ferdinand Denis.
Lisboa.
Livraria Ferreira. 1888.

Enc. da época de lomb. em pele com XIX+ 793 págs+ (1) fl+ 1 retrato do autor; 18 cm.
Bom exemplar.

65,00 €
6757

PERDIGÃO, HENRIQUE - DICIONÁRIO UNIVERSAL DE LITERATURA.
( Bio- Bibliográfico e Cronológico )
2ª edição, ilustrada.
Livraria Latina Editora.
Porto. 1940.

Enc. editorial, int. de sint. com o titulo gravado a ouro na pasta da frente; XXXV-1038+ (5) págs.; il.; 24 cm.

"(...) A Biografia e a Bibliografia são hoje auxiliares indispensáveis dos estudiosos.
Porque assim pensamos, acolhemos com fervor a obra notável que Henrique perdigão elaborou, paciente e conscienciosamente, e a que deu o título de - Dicionário Universal da Literatura Portuguesa ( Bio- Bibliográfico e Cronológico ).
Não carece de elogio esta obra: Basta percorre- la para, de relance, se reconhecer que ela está destinada a ser um precioso guia para quantos desejem familiarizar- se com os livros e respectivos autores, em qualquer ramo do ser humano. (...) " In- pág. VIII.

30,00 €
4409

RACZYNSKI, COMTE A. - LES ARTS EN PORTUGAL
Lettres Adressées a la Societé Artistique et Scientifique de Berlin et Accompagnées de documens. Par...
Paris, 1846
(4)+ 548 págs+ 3 gravs. desdbvs. extratexto

- DICTIONNAIRE HISTORICO - ARTISTIQUE DU PORTUGAL
pour faire suite à l`ouvrage ayant pour titre: Les Arts en Portugal par...
Paris, 1847
XII+ 306 págs+ 3 desdobvs. extratexto; 23 cm.
Jules Renouard et C.te Libraires- Éditeurs
1847

São 2 volumes com enc.s da época de lomb. e cantos em chagrin, aparados e carminados à cabeça e ambos com 1 ex- libris. O 1º vol. com a capa de br. da frente; il.; 22 cm.
É muito raro aparecer um exemplar nestas condições, com todas as gravuras.

Obra de referência para a História da Arte em Portugal.

150,00 €
1534

ROCHA, CLARA - REVISTAS LITERÁRIAS DO SÉCULO XX EM PORTUGAL
Imprensa Nacional - Casa da Moeda.
1985.

B.; 699 págs.+ (6) fls; 24 cm.

" (...) De algum tempo para cá, têm- se sucedido em Portugal as iniciativas de reedição de revistas literárias consideradas raridades bibliográficas ( ou porque tiveram tiragens escasssas, ou porque não chegaram às mãos do público e ficaram nas da polícia- como é o caso do Portugal Futurista- ou, por qualquer outra razão) e que desempenharam um papel fulcral como porta- voz de determinada geração ou como lugar de afirmação de algum movimento estético- literário.(...) " In- pág. 13.

25,00 €
6775

SARDOEIRA, ALBANO - AUTORES AMARANTINOS
Subsídios para a sua biobibliografia.
Amarante.
1964
Com prefácio de Augusto Casimiro.

Enc. lomb. e cantos em pele decorada com ferros a ouro, com as capas de br.; 128+ (1) pág.+ 9 extratextos; il; 25 cm.
Carminado e aparado só à cabeça.
Bom exemplar.

" Albano Sardoeira é um dedicado, beneditino- investigador, decobridor, como foi o sempre bem lembrado José de Pinho, na pré- história, da Terra, das coisas, dos homens de Amarante.
Ele dá- nos generosamente neste trabalho uma galeria de nobres figuras amarantinas. (...) " In- Prefácio.

40,00 €
1941

SEQUEIRA, GUSTAVO DE MATOS - TEMPO PASSADO
( Crónicas Alfacinhas )
Portugalia.
Lisboa, 1923. ( Na capa de brochura tem a data de 1924 ).

Enc. da época de lombada em pele; 204+(1) pág.+ (1) fl bco; il.; 34 cm.
Exemplar aparado e esverdeado só à cabeça, com uma dedicatória no anterrosto e com um ex-libris.
Muito ilustrado com um retrato do autor e 26 grav.s em extrato.
Bom exemplar.

Livro curioso e interessante para a história de Lisboa.

70,00 €
2596

SILVA, A. A. BALDAQUE DA - ESTADO ACTUAL DAS PESCAS EM PORTUGAL
Comprehendendo A PESCA MARITIMA, FLUVIAL E LACUSTRE EM TODO O CONTINENTE DO REINO, REFERIDO AO ANNO DE 1886.
Edição Illustrada com Mapas, Gravuras e Chromos ( a cores e a preto e branco no texto e extra texto)
Lisboa. Imprensa Nacional. 1891.
Ministerio da Marinha e Ultramar.

Enc. da época de lomb. e cantos em chagrin, com as capas de brochura e respetivas badanas; (1 ) fl bco+ XXXIV+ 519 págs.; muito ilustrado; 30 cm.
Exemplar carminado e aparado à cabeça, com um ex- libris e com pequena falha na lombada.

" Esta obra representa, tanto nos traços geraes como nos mais minuciosos detalhes, o producto da observação e estudo directo que fizemos, durante dez annos, em toda a costa, portos, rias, rios e lagóas do continente do reino, sobre os cetaceos, peixes, crustaceos, molluscos e algas, que viven n’estas aguas, e os apparelhos, embarcações e processos de exploração empregados na pesca.
Apresentámos e descrevemos com toda a fidelidade e segundo a nossa exclusiva apreciação, o que vimos praticamente percorrendo as differentes localidades, acompanhando os pescadores nas suas excursões, e familiarisando-nos com os seus habitos, dialectica, segredos e methodos profissionais.
É um trabalho essencialmente pratico, que sem pretensões de sciencia, póde auxiliar os poderes publicos, os homens illustrados, e os economistas a resolver alguns dos problemas menos conhecidos e mais interessantes sobre as pescarias nacionaes (...) In- Prologo.

450,00 €
6786

SILVA, FERNANDO AUGUSTO DA / CARLOS AZEVEDO DE MENESES. - ELUCIDARIO MADEIRENSE.
Segunda Edição.
Notávelmente Acrescentada.
Comemorativa dos Centenarios da Independência e da Restauração de Portugal, mandada fazer pela Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal.
Funchal - 1940.

COLEÇÂO COMPLETA

São 3 vols.; Enc. de lomb e cantos em pele, com as capas de br.; 28 cm.
Bom exemplar.

" Destinava-se a publicação desta obra a celebrar o quinto centenário do descobrimento da Madeira, constituindo uma das comemorações com que entre nós se deveria ter solenizado aquêle notável e auspicioso acontecimento. (...) Este nosso trabalho foi enriquecido com a valiosa colaboração dos nossos distintos amigos Adolfo César de Noronha e major Alberto Artur Sarmento, tão sobejamente conhecidos entre nós pelos seus raros talentos e vasta ilustração, e especialmente pelos aprofundados conhecimentos que possuem das coisas 0madeirenses (...)" In- Advertência Preliminar (da Primeira Edição).

180,00 €
6772

SOUSA, FRANCISCO ANTÓNIO DE - NOVO DICIONÁRIO LATINO- PORTUGUÊS
Edição actualizada e aumentada por José Lello e Edgar Lello.
Lello & Irmão - Editores
Porto, s.d.

Enc. editorial, capa dura com sobrecapa ilustrada; (8)+ 114 págs.; 19 cm.
Exemplar com um ex- libris.
Obra várias vezes editada.
.
"(...) O valor linguístico e didáctico do Novo Dicionário latino- Português de Francisco António de Sousa é testemunhado pelas sucessivas edições. As notações de natureza gramatical, a profusão de citação de autores, a indicação da pronúncia pela acentuação cuidada são outros tantos elementos inestimáveis que o autor eruditamente considerou, seguindo de perto as opiniões dos melhores mestres desssa língua, verdadeira mãe da língua portuguesa. (...)" In- Nota Preliminar.

25,00 €
6765

TENGARRINHA, JOSÉ - HISTÓRIA DA IMPRENSA PERIÓDICA PORTUGUESA.
Lisboa, Portugália, 1965.
Colecção Portugália, 15

PRIMEIRA EDIÇÃO
Enc. de lomb. e cantos em pele, com capas de br.; 349+ (2) págs.+ 5 extratexos (sendo 3 desds.); il.; 22 cm.
Bom exemplar, com um ex- libris.

Obra de referência sobre a imprensa portuguesa. Foi dividida pelo autor em três grandes épocas: 1ª época: Os primórdios da imprensa periódica em Portugal; 2ª Época: A imprensa romântica ou de opinião; 3ª Época: A organização industrial da imprensa.

"(...) as três condições que consideramos indispensáveis para que uma publicação possa ser considerada jornal: periodicidade, encadeamento e conteúdo específico, diverso do livro ou do panfleto. É esta resumidamente, a essência de um problema que fez correr muita tinta, mas que, depois da acerrada argumentação de Alfredo da Cunha, parece ter ficado satisfatòriamente esclarecido. (...)" In- Prefácio, pág 16.

50,00 €
6771

TOOLEY, RONAL VERE - TOOLEY`S DICTIONARY OF MAPMAKERS
SUPPLEMENT
Compiled by...
Map Collector Publications (1982) Limited.
Tring, Hertfordshire, England.

Enc. ed., capa dura, com sobrecapa ilustrada; 116 págs.; il.; 27 cm.

" Tooley`s Dictionary of Mapmakers, already the most comprehensive work of its kind, has now been expanded and completed by the inclusion of new or updated information on over three thousand cartographers. The new information in the Supplement is the result of research by scholars and collectors who have made their work available to Mr. Tooley. The total number of mapmakers deal with in the Dictionary and the Supplement now approaches the staggering figure of twenty- five thousand. (...) "

35,00 €
6787

VALDÉS, EDUARDO PARDO DE GUEVARA Y - MANUAL DE HERÁLDICA ESPAÑOLA.
Ilustraciones Eduardo Pardo de Guevara y Valdés y Jaime Bigallal y Vela, AIH.
Prólogo Faustino Menendez Pidal, AIH
Aldaba Ediciones.

Capa dura com sobrecapa ilustrada; 127 págs.; il.; 25 cm.

" El presente libro no ha sido concebido como un estudio detallado y minucioso del fenómeno heráldico en toda su amplitud. Este, con una presencia intensa y continuada a lo largo de ocho siglos, constituye una realidad enormemente completa y, por tanto, difícilmente condensable en un simple manual.
El propósito de las páginas que siguem es más asequible. La escasez de textos serios e rigurosos referidos a ésta disciplina en España y su consiguiente desconocimiento, que impide la superación de antiguos prjuicios, planteaba la urgente necesidad de abordar la publicación de un texto breve, asequible y metodológicamente moderno. (...) " El- autor.

30,00 €
3135

VASCONCELOS, JOAQUIM DE - ARTE ROMANICA EM PORTUGAL
Texto de Joaquim de Vasconcellos
Com reproducções seleccionadas e executadas por Marques Abreu
Edições Marques Abreu.
Av. Rodrigues de Freitas, 310
Porto
1918

Enc. editorial, inteira de sintético com ferros a seco e a ouro; (4) + 76 + 192 p. de fotogravuras+ XXVIII págs. de fotogravuras e desenhos ( detalhes de igrejas )+ (1) fl ( indice ); 32 cm.
Este exemplar carminado à cabeça, com mais 2 fls., ( reclame à Tipografia Sequeira ) e com as capas de br. do 1º Fasciculo.
Bom exemplar.
Edição dos Ateliers Marques Abreu, ilustrada com excelentes fotogravuras de página inteira, todas elas protegidas por um folha de papel vegetal mais um conjunto de gravuras e desenhos de pormenores e com o texto, dentro de uma moldura com motivos romanicos.

200,00 €
6764

VITERBO, SOUSA - A LITTERATURA HESPANHOLA EM PORTUGAL
por....
Lisboa.
Imprensa Nacional. 1915.
História e Memórias da Academia das Sciencias de Lisboa.
Nova Série 2ª Classe. Sciencias moraes e politicas e bellas lettras.
Tomo XII. Parte II. Nº 5.

Enc. nova de lomb. e cantos em sint. com as capas de br.; 153- 454 págs.; 31 cm.
Com um restauro na capa de br. da frente e aparado só à cabeça.
Bom exemplar.

" Francisco Marques de Sousa Viterbo, n. na freguezia de S. Nicolau da cidade do Porto, a 28 de Dezembro de 1845. Foram seus paes Henrique de sousa, commerciante, e D. Maria Marques da Nova. Destinado de principio Á vida ecclesiastica, seguiu e completou os estudos no Seminario episcopal da mesma cidade; sentindo- se porém com pouca inclinação para aquelle estado, tomou outra direcção, matriculando- se como alumno da Escola Medico- cirurgica; e posto que embaraços supervenientes o impossibilitaram de levar ao fim o primeiro anno, não desiste comtudo de prosseguir na carreira, e tenciona voltar á frequencia no seguinte anno lectivo. (...) " Inoc.

45,00 €


    ENVIO DE ENCOMENDAS:
       - As encomendas serão enviadas contra-reembolso, salvo acordo em contrário.
       - As despesas do envio são por conta do cliente.
       - Para o estrangeiro enviamos factura pró-forma, seguindo as obras após a recepção do seu pagamento.
 

Página produzida pelo programa CaTema, de AFAsoft          © 2009 António F. Amorim